AFINAL DE CONTAS, O QUE É A ARTROPATIA DE CHARCOT QUE ACOMETE OS PACIENTES DIABÉTICOS? | Prof. Dr. Ricardo Cardenuto Ferreira

0
199

Os pacientes diabéticos desenvolvem diversos tipos de problemas nos pés a medida que a doença progride ao longo do tempo.
Mesmo controlando adequadamente os níveis sanguíneos de glicose com dieta, exercícios e medicação, as complicações tardias da doença podem se manifestar e afetar vários órgãos do corpo, comprometendo sua função.
A doença dos nervos periféricos, conhecida como neuropatia diabética, é uma das complicações tardias do diabetes e causa perda na sensibilidade protetora dos pés.
Apesar da dor ser reconhecida por todos como algo desagradável, ela tem um papel importante na prevenção ou no agravamento das lesões sofridas pelo corpo. A dor nada mais é do que um alarme para nos alertar que determinado órgão ou sistema está funcionando de forma inadequada e isso, se não for reconhecido e tratado prontamente, poderá causar um dano permanente ao organismo.
A diminuição ou ausência da dor, que pode parecer num primeiro momento uma coisa boa, na verdade é um problema que coloca nosso corpo em sério risco. No caso da neuropatia diabética, por exemplo, o paciente não sente dor nas feridas localizadas nos pés e, por isso mesmo, dá pouca importância à elas, permitindo seu agravamento.
Os pés e tornozelos constituem a base de sustentação do corpo, suportando todo nosso peso quando estamos na posição ereta e caminhando. Por isso mesmo realizam grande esforço e estão sujeitos às lesões diariamente.
Se você sofrer uma queda, eventualmente, está sujeito à lesões como contusões, entorses ou mesmo fraturas. A dor decorrente destas trauma é percebida na hora e, dependendo da gravidade, qualquer pessoa fica incapacitada de continuar andando ou mesmo permanecer em pé.
Agora, imagine se você não sentisse dor nos pés e, mesmo após um trauma grave, continuasse a realizar suas funções como se nada tivesse acontecido ? Pois é exatamente isso que ocorre nos pacientes diabéticos com neuropatia já em estado avançado. Eles continuam em pé e caminhando mesmo com o pé fraturado e os ligamentos rompidos.
Qual a consequência disso ? Bem, a extremidade lesionada vai sofrendo mais impacto e as lesões se agravam ainda mais. Ossos vão sendo progressivamente amassados, se fragmentam e sofrem deslocamento da sua posição original, causando deformidades grosseiras e bastante graves nos pés.
O paciente diabético só se dá conta disso vários dias, ou mesmo semanas após o trauma ter ocorrido, geralmente porque percebe que seu pé está muito inchado e não consegue mais calçar o sapato.
A artropatia de Charcot nada mais é do que a destruição dos ossos e articulações do pé e tornozelo em pacientes que sofreram fraturas, mas não se aperceberam porque já não têm sensibilidade dolorosa protetora.
As sequelas dessa enfermidade são graves. Um pé gravemente deformado e sem sensibilidade protetora torna-se altamente susceptível a desenvolver úlceras plantares de difícil tratamento. E é, justamente, a infecção secundária das úlceras a principal responsável que conduz à amputação da extremidade.

Dr. Ricardo Cardenuto Ferreira
Médico Ortopedista Especialista em Pé e Tornozelo

_______________________________________________________________________

O Prof. Dr. Ricardo Cardenuto Ferreira é médico ortopedista especializado no tratamento de doenças do pé e tornozelo em recém-nascidos, crianças, adolescentes, jovens e idodos. Formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo em 1987, fez toda sua trajetória educacional e acadêmica nesta mesma instituição.

_________________________________________________________________

Em associação com a Rede One Care de assistência médica, o Prof. Dr. Ricardo Cardenuto está atendendo consultas ambulatoriais agendadas no complexo localizado na Rua Ruy Mendes de Rosis, 1-125 – Jardim Infante Dom Henrique, Bauru – SP – Telefone: 55 14 3042-1234 – A localização é bem próxima ao Bauru Shopping e o prédio tem estacionamento próprio no local.

________________________________________________________

É possível fazer o agendamento das consultas utilizando o número do WhatsApp (55) (14) 99143-9798. Também é possível falar diretamente com os atendentes na recepção do prédio onde é feito o atendimento ambulatorial pelo telefone ou WhatsApp (55) (14) 99119-3379.

________________________________________________________________

O Prof. Dr. Ricardo Cardenuto atende semanalmente em São Paulo no Centro de Cirurgia Reconstrutiva Avançada do Pé e Tornozelo, localizado na Rua Barata Ribeiro, 380 – sexto andar – conjunto 64 – Bairro da Bela Vista – CEP 01308-000 – SP, localizado ao lado do Hospital Sírio Libanês. Telefones para contato: (55) (11) 3214-5334 e (55) (11) 98385-1600 (WhatsApp). e-mail: ricardocardenuto@gmail.com

Deixe uma resposta