ONG projeta castramóvel e hospital em Bauru

0
1162
ONG Arca da Fé Resgate Animal Vanessa Araújo

Trabalhando há dois anos na recuperação de animais vítimas de abandono e maus-tratos, a Arca da Fé pretende expandir sua atuação em Bauru e região. Com mais de 500 animais em um abrigo de dois alqueires na zona rural da cidade, a ONG visa conquistar seu próprio castramóvel e também construir um hospital veterinário.

“Nós temos capacidade para receber até 2 mil animais. Mas a ideia é o abrigo não ser um local definitivo para eles. Queremos devolvê-los para um lar de famílias amorosas e responsáveis. Com essa unidade móvel, nosso objetivo é realizar mutirões de castração gratuitas, principalmente em comunidades carentes, como forma de controle populacional desses animais em Bauru e cidades da região, onde arrecadamos fundos”, afirma a presidente da ONG Arca da Fé, Vanessa Araújo.

Ela ainda destaca que a iniciativa visa levar às comunidades informação e conscientização. “Queremos educar a sociedade sobre quão fundamental é cuidar, respeitar e proteger a vida animal, focando principalmente na convivência com os animais de estimação. Existem famílias que não podem castrar seu animal, que acaba dando cria e indo para as ruas”, diz. “Também estamos batalhando para oferecer vacinação gratuita dos animais no castramóvel”, acrescenta.

Vale ressaltar que a prefeitura também deve, em breve, contar com um castramóvel. Na semana passada, o prefeito Gazzetta autorizou a abertura da licitação. A verba de R$ 120 mil veio de emenda do deputado Ricardo Izar Jr., a pedido dos vereadores Markinho de Souza e Fábio Manfrinato.

TRABALHO

Malavolta Jr.
Construção de um hospital veterinário também aguarda por doações

Atualmente, a Arca da Fé conta com cerca de 150 cães e 189 gatos, além de outros animais como cavalos, cabras e aves. Segundo levantamento da presidente, no total, são 506 animais que vivem no abrigo. “Todo final de semana, fazemos uma feira de adoção com cinco cachorros e cinco gatos, na Praça Rui Barbosa. Em média, doamos 38 a 40 animais por mês. Quando não, eles voltam para o abrigo. Tem um que está com a gente desde o começo da ONG, por exemplo”, comenta.

Para manter o funcionamento do local, a Arca da Fé conta com a ajuda de voluntários, de padrinhos e da população. “Temos um custo de R$ 28 mil a R$ 30 mil por mês com o abrigo. Pedimos doações em semáforos e aos padrinhos, que são nossa maior fonte de ajuda. Entre voluntários e padrinhos, temos cerca de 150 pessoas envolvidas. Agora, buscamos parcerias e doações para o castramóvel e também para finalizar nosso hospital veterinário que está em construção”, destaca Vanessa.

REDE SOLIDÁRIA

Além das atividades no abrigo, a ONG conta com um grupo com mais 138 mil pessoas onde os animais são encontrados e doados sem precisarem do abrigo. “Em casos simples, encaminhamos diretamente para um lar. Quando são problemas mais graves, nós resgatamos para fazer atendimento veterinário e depois doá-los”, ressalta Vanessa.

SERVIÇO

Para ajudar a Arca da Fé, basta entrar em contato pelo (14) 99746-4057 ou pela página do Facebook “ONG Arca da Fé Resgate Animal”. A organização também recebe doações na avenida Nações Unidas, 2-36 (em frente ao Terminal Rodoviário). Visitas ao abrigo são abertas ao público aos domingos, das 14h às 17h, mediante agendamento prévio pelo mesmo telefone

Fonte: https://www.jcnet.com.br/Geral/2018/06/ong-projeta-castramovel-e-hospital-em-bauru.html

Deixe uma resposta