Destaque Político Regional | Daniel Alonso

0
2033

Daniel Alonso é o novo prefeito de Marília

O mais velho de cinco irmãos, Daniel Alonso começou a trabalhar muito cedo. O sonho da bicicleta foi realizado aos 6 anos, catando grãos de café e amendoim “esquecidos” nas lavouras. Quando se mudou para a cidade, aos 9 anos, comprava e vendia doces e verduras. Nascia ali o comerciante Daniel Alonso, que ingressou no ramo de material para construção na década de 1980, vendendo de obra em obra. Aos 15 anos, conheceu sua esposa, Selma Regina, e deste encontro surgiu a promessa de uma união três anos depois.
Aos 50 anos ainda é casado com Regina. Tem três filhos Daiane, Daniele e Diego. No começo da década de 80, surge a oportunidade de trabalhar com pastagens de braquiária, o que no início deu certo. Fez financiamentos para aumentar os recursos e investir na nova empreitada, mas perdeu todo o trabalho para as pragas.
Teve que recomeçar do zero, e voltou a vender de porta em porta os filtros de água. Em Marília Daniel se tornou sócio de um tio em uma loja de materiais para construção, a  Constrular, em 1988, que ficava na rua Joaquim de Abreu Sampaio Vidal. Depois abriu um negócio próprio, na rua Euclides da Cunha. A loja que vendia material básico se chamava “O rei da telha”, eram 3 funcionários, o imóvel alugado, assim como a linha telefônica que também era alugada.
Algum tempo mais tarde, depois de muita luta e com sua empresa já estruturada, Daniel  precisou tomar outra grande  decisão em sua vida. Teve que escolher o que faria com os recursos que havia conseguido até então. Ou construiria algumas casas de aluguel, o que lhe traria uma renda estável, ou investiria todas as suas economias para comprar o terreno onde atualmente reside a sede da rede de lojas Casa Sol, em Marília.
Hoje são 5 grandes lojas em 4 cidades, centenas e colaboradores e 8 vezes premiada com o titulo de uma das 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil. (Revista Exame-Você S/A).
Eleições 2016
Daniel Alonso (PSDB) obteve 50.113 votos, ou 45,25% do total, se tornando o 34º prefeito da história de Marília. Ele derrotou Vinícius Camarinha (PSB) que somou 43,54% da preferência do eleitor, o que corresponde a 48.218 votos.

Deixe uma resposta