A cotação do dólar

1
1343

apple-589641_960_720Um dos instrumentos para controle da economia é a chamada política cambial. Como o mundo não opera com moeda única, se faz necessário estabelecer uma paridade entre as moedas do mundo.
O dólar é referência mundial dado o significada dos Estados Unidos no planeta. O Brasil adota o regime de câmbio flutuando, ou seja, em tese a definição do valor da moeda estrangeira segue a lógica da oferta e procura. Mencionei em tese, à medida que na prática, o governo Federal, através do Banco Central, pode ser agente de compra e venda da moeda estrangeira, interferindo em seu equilíbrio. O que se denomina de flutuação suja.
O regime flutuante pode ser considerado o mais indicado para evitar que a cotação da moeda estrangeira seja mantida artificialmente, evitando entre outras coisas, que as reservas cambiais sejam utilizadas quando o valor fixado está fora do equilíbrio entendido pelo mercado. Em resumo: o câmbio fixo é bancado pelo governo Federal e o câmbio flutuando, pelo mercado.
A cotação do dólar despencou este ano. Mesmo o País enfrentando seu segundo ano de recessão, inclusive com rebaixamento de sua nota de risco (o que afugenta importantes investidores estrangeiros, notadamente os fundos de pensão), há apetite dos investidores estrangeiros em aqui aportarem seus recursos. Evidentemente que a elevada taxa básica de juros que o Brasil pratica ajuda em muito a atrair estes recursos, mas há também a percepção de que daqui para frente a economia Brasileira iniciará o período de recuperação.
Quais os benefícios de uma cotação do dólar mais baixa? Além de baratear as viagens internacionais, auxilia no controle inflacionário. Por sinal este é um dos motivos que tem levado o Banco Central brasileiro a não fixar um piso da cotação. Com um dólar mais barato o valor do produto importado cai, além de caírem, em Reais, os preços dos produtos que possuem cotação em dólar, como são os casos das principais commodities comercializadas. Se um produto tem preço, por exemplo, de mil dólares, há um menor dispêndio em Reais, reduzindo o valor final do produto.

A cotação do dólar despencou este ano.
Mas quais os benefícios de uma cotação do dólar mais baixa?

Entendo que mesmo que afete as exportações de mercadorias, afinal, menor cotação desestimula a venda para fora dos produtos brasileiros, o bem maior a ser trabalhado é sem dúvida alguma o controle inflacionário, e a leitura é que esta seja a estratégia estabelecida neste momento.
Conduzir a economia de um País não é tarefa fácil, inclusive em determinado momento pode ser comparado a um “cobertor curto” (cobre a cabeça e deixa os pés de fora), pois uma variável pode ser boa para determinado objetivo, mas não atender a outro objetivo traçado, mas sabendo aonde quer chegar tudo fica mais fácil.
O que está em jogo é o resgate da confiança e, sem levar a efeito a discussão das medidas estruturantes, saber usar de maneira adequada os instrumentos disponíveis no curto prazo, ajuda a ir nesta direção.
A cotação do dólar é mais um importante instrumento de controle econômico, que seja utilizado em sua plenitude em favor do País.

1 Comentario

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here