Porque É Tão Difícil Aprender Coisas Novas?

0
2647
Tatiane Souza é Presidente da Gente Mais Consultoria e Treinamento e Vice Diretoria da ABRH SP Regional Bauru

woman-1209866_1920Já parou para pensar, que uma das maiores habilidades que um ser humano pode adquirir ao longo de sua vida esta vinculado a sua capacidade de aprendizado e relacionamento?
Tudo o que fazemos, tudo o que somos, depende da nossas habilidades em adquirir novos conhecimentos e na forma com o que nos relacionamos com as pessoas a nossa volta.
Nossos costumes e crenças as vezes nos afasta de pessoas, que poderiam contribuir muito com nosso aprendizado, principalmente as que pensam diferente de nós.
Há algum tempo já eu levo para os meus treinamentos o conceito da Andragogia. Este conceito estuda a forma de aprendizado do adulto, e gostaria de dividir com vocês um pouco dessas informações, que ao final do artigo vão dar sentido a muitas coisas.
Vou começar exemplificando primeiro como as crianças aprendem. Quem tem filhos de 5, 6, 7 ou 8 anos vai saber do que estou falando. Quando uma criança nesta faixa etária vai para escola, ela vai com um objetivo maior, aprender. Mas não é aprender algo que ela sabe mais ou menos, é aprender coisas totalmente novas, que elas nunca imaginaram que pudesse existir. Por isso a criança usa um recurso muito importante que dá sentido neste processo de aprendizado. A confiança em seu professor. Prova disto é que quando ela leva tarefas para casa, e ao tentar ser ensinada de um jeito diferente do que o professor ensinou em sala, geralmente braveja com quer que esteja tentando ensina-la diferente: Tá errado, minha professor (a) falou que era assim…
É muito engraçado a maneira com que as crianças percebem o ensinamento do professor como verdades absolutas. Ela não questiona seu mestre, simplesmente aprende e pronto.
A medida que vamos crescendo, vamos adquirindo experiências, tendo memórias, vamos desenvolvendo ou fortalecendo nossas crenças e nossos valores, e vamos moldando nossa maneira de pensar.
Então quando uma pessoa em idade adulta precisa aprender, o processo não é tão simples quanto ao da criança. Antes dele conseguir adquirir um novo conhecimento, nosso cérebro faz milhares de conexões, e filtra as informações que podem ser uteis ou não para nós, embasado em nossos crenças e valores.
A maneira como percebemos o outro tentando nos ensinar algo novo, pode já de cara criar varias barreiras. Ex: “isso eu já sei”, ou, “nossa ele pensa que é quem tentando me ensinar a fazer meu serviço”.
Isso quer dizer que a medida que não mudamos ou desenvolvemos novas maneiras de pensar e perceber as coisas, não conseguimos adquirir novos conhecimentos, pois nosso cérebro nos faz “o favor” de separar aquilo que é importante pra nós, daquilo que não parece ser, e isso é tão rápido, que nem tomamos conta que muitas das dificuldades que possuímos, são criadas ou definidas por nosso cérebro, muito antes de tentarmos entende-las.
Muitas das dificuldades que possuímos, podem não ter haver com nossa capacidade de aprendizado ou habilidades, mas sim com nossas escolhas (as vezes inconsciente) a partir de nossas crenças e nossos valores.
As pessoas, são a única maneira de influenciar diretamente aquilo que somos e pensamos, por isso, quanto mais eu me relaciono, mais eu tenho chance de pensar diferente, aprender coisas novas e influenciar o meio em que estou inserido.
Li recentemente uma pesquisa que fala que nos tornamos a média das cinco pessoas mais próximas de nós? Será verdade? Bom, acho que esse pode ser o assunto de nosso próximo artigo! Até breve e Sucesso!

logo-tatiane-souza gente-mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here