Os arraiás e quermesses estão acabando, mas ainda dá tempo de aproveitar

0
507

Julho uma tentação para quem quer seguir uma dieta alimentar equilibrada e com baixa ingestão de calorias. Diante de canjicas, cachorros-quentes, maçãs do amor e tantos outros quitutes de festas julinas e quermesses, fica difícil saber como curtir sem sentir culpa. Saber escolher entre tantas opções e como correr atrás do prejuízo, se houver, são algumas das dicas.

A chef e nutricionista Liliane Rocha sugere algumas opções mais saudáveis dentre aquelas que fazem parte dos cardápios juninos. Entre elas, tapioca recheada com coco ou com banana e canela, mas sem o leite condensado, claro.

“Não saia para a festa sem fazer ao menos um lanchinho com salada para dar saciedade e não perder o controle. Retome sua alimentação o quanto antes e beba bastante água”, recomenda a nutricionista.

Uma escapada na festa junina não irá jogar por água abaixo o resultado de um esforço por uma alimentação saudável, afirma a coach em nutrição e nutricionista Fabiane Marins. Ela acrescenta outras dicas para fazer boas escolhas.

“Priorize alimentos ricos em fibras, como milho cozido sem manteiga e pouco sal, pipoca, churrasquinho, batata doce cozida, pinhão, cuscuz. Sobre a bebida alcoólica, consuma com moderação e aumente a ingestão de água.”

As nutricionistas dizem ainda que ficar morrendo de vontade de comer um ou outro quitute também não é a solução – e nem faz bem. O segredo nessas situações é equilíbrio e adaptações. “Podemos tudo, mas o importante é não extrapolar na quantidade e consumir a porção adequada. Experimentar não é comer toda a porção”, ressalta Fabiane.

E se a quadrilha for em casa ou puder preparar as iguarias, melhor ainda. Aproveite para investir em ingredientes funcionais, como fubá, coco, farinha integral e biomassa de banana verde. Se houver exageros, o jeito é a compensação no dia seguinte: exercícios físicos e equilíbrio na alimentação.

Deixe uma resposta