Noroeste anuncia novo vice-presidente

0
1094
Coletiva do Noroeste na Comprando, Vitor Jacob, Reinaldo Mandaliti, Estevan Pegoraro, Mauro Silva e Rodrigo Gomes

Em evento nessa quarta-feira (28) à noite, na loja Comprando Nacionais e Importados, o Esporte Clube Noroeste anunciou uma série de novidades. Às vésperas de iniciar a disputa da Copa Paulista – a estreia é neste sábado, em Bauru, diante do Velo Clube -, o Alvirrubro oficializou o empresário Reinaldo Mandaliti como novo vice-presidente.

Mandaliti já ocupa a mesma função no Vôlei Bauru. Outro novo diretor é Vitor Jacob, gestor do Gocil/Bauru Basket e que terá um cargo, ainda a ser definido, na cúpula noroestina. Já o então vice-presidente Rodrigo Gomes, o Mosca, ocupará outro posto, também a ser definido.

O presidente Estevan Pegoraro respondeu a uma série de perguntas da imprensa ao longo do evento, que contou com a presença de dirigentes, parceiros, torcedores e autoridades, incluindo o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) e o vice-prefeito Toninho Gimenez (PTB), que já foi presidente e conselheiro do clube, e vereadores. O técnico Vitor Hugo e jogadores também prestigiaram.

Outra novidade é que o empresário Antonio Aparecido Galli, de Matão, ajudará financeiramente a equipe, bancando a chegada de parte dos reforços. Pegoraro confirmou ainda a contratação do goleiro Ferreira, 32 anos, que estava no Sergipe, e do lateral-esquerdo Ítalo, de 26 anos, que disputou a Série D pelo Gurupi/TO e antes atuou pela Matonense na Série A3 do Paulista. Também foi anunciada a renovação de contrato do zagueiro Vitor Gava.

INVESTIMENTO

Malavolta Jr.
Técnico Vitor Hugo, vereador Sandro Bussola, vice-prefeito Toninho Gimenez, prefeito Clodoaldo Gazzetta, empresário Antonio Galli e vereador Miltinho Sardin no evento

Pegoraro confirmou que esteve reunido, anteontem, com o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, em Brasília, mas salientou que o banco estatal não será o patrocinador máster do Noroeste, pois a empresa só pode estampar sua marca em clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro. “Mas algumas possibilidades de apoio ao clube serão avaliadas pela Caixa”, citou o mandatário noroestino, que agradeceu ainda os vereadores Fábio Manfrinato e Markinho Souza e o deputado federal Ricardo Izar Jr., todos do PP, por viabilizar o encontro.

Ao JC, Pegoraro disse que um patrocinador máster está em negociação. “Antes mesmo dessa conversa com a Caixa, já estávamos negociando, mas só posso divulgar assim que estiver assinado. Será um apoio que inclusive fortalecerá nossas categorias de base, atualmente temos o sub-20, vamos contar também com sub-15 e sub-17 no próximo ano, se essa empresa vier”, declarou.

Outro investimento assegurado vem do empresário Antonio Galli, que custeará o salário de alguns dos contratados para a Copa Paulista e A3. Questionado sobre a contrapartida do clube ao investidor, Pegoraro garante que não haverá nada neste momento. “Ele está vindo para somar e nos ajudar, sem ter pedido nada em troca”, disse. Galli também se pronunciou a respeito a da parceria.

“Eu investi por muitos anos na Matonense e, recentemente, o Toninho Gimenez, que é um amigo de longa data, me procurou para que eu pudesse ajudar o Noroeste. Almocei com ele e com o prefeito Clodoaldo Gazzetta e definimos essa ajuda, com o presidente do clube”, enfatizou.

Tanto Galli Neto quanto Pegoraro, além dos novos diretores e do técnico Vitor Hugo, destacaram a montagem de um elenco competitivo para a Copa Paulista, visando uma boa campanha e a formação de uma base sólida para disputar a A3 de 2018, quando brigará pelo acesso.

Diretoria tem nova formação

A nova formação da diretoria será oficializada na próxima quinta-feira, às 18h, em reunião do Conselho Deliberativo. “Minha família sempre gostou do clube, e eu sou noroestino. Então vamos procurar ajudar em tudo que for possível, entrando em contato com empresas, mobilizando mais pessoas, pois queremos uma união maior do esporte bauruense”, destacou o agora vice-presidente Reinaldo Mandaliti.

“Entendo que algumas ações podem ser feitas entre os três times (Noroeste, basquete e vôlei). O vôlei tem uma máquina de fazer gelo, porque não ceder para uso do basquete e do futebol? Outro exemplo, Noroeste e basquete podem ter um único setor de fisioterapia, pois ambas são masculinas, no caso do vôlei feminino já é mais complicado juntar. Ou os três trabalharem conjuntamente com o setor de imprensa e marketing”, citou Mandaliti.

Vitor Jacob, que é gestor do Bauru Basket, também terá um cargo na diretoria – possivelmente como diretor de patrimônio. “Venho para somar e ajudar no que for possível, sou torcedor do Noroeste e é importante as modalidades andarem juntas pois levam o nome da cidade”, mencionou. Estevan Pegoraro agradeceu e pregou união entre os clubes. “Temos nos falado sempre e, no que for possível, uma modalidade tem que ajudar a outra, pois o objetivo final é o mesmo, todas levam o nome de Bauru”, concluiu.

Interior

O evento contou com a presença do vice-presidente de Integração com Atletas da Federação Paulista de Futebol (FPF), Mauro Silva, que foi campeão da Copa do Mundo de 1994 com a Seleção Brasileira. “A Federação quer uma Copa Paulista cada vez mais forte, para que os clubes tenham um torneio rentável no segundo semestre, e que dá vaga a competições nacionais”, disse. Para este ano, a FPF ainda está negociando os direitos de transmissão de TV do campeonato.

Deixe uma resposta