Meirelles: adiamento não abre brecha para renegociar Previdência

0
1351

O governo não está aberto a novas negociações para a reforma da Previdência, apesar de sua votação ter sido adiada para fevereiro, afirmou nesta quinta-feira o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Ele reconheceu também que importantes medidas de ajuste fiscal podem não ser votadas até o fim deste ano, o que abre a porta para corte de gastos em 2018.

Após encontro com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Meirelles afirmou que a postergação da votação sobre as mudanças para aposentadoria se deu pelo fato de o ano legislativo caminhar para o fim, o que ameaça a mobilização da base aliada.

Fonte: https://veja.abril.com.br/economia/meirelles-adiamento-nao-abre-brecha-para-renegociar-previdencia/

Deixe uma resposta