Grupo de pagode faz clipe inspirado em histórias de mães solteiras e viraliza na web

0
1768

Mulher é assim mesmo, né… Guerreira.” As palavras de Rosângela Machado Moreira, mãe da Tainá Machado Moreira, resumem a mensagem que o grupo de pagode de Bauru (SP) Coisa & Tals tinha a intenção de passar com o clipe da música “É tarde”.

Lançado em setembro de 2017, o clipe que conta a rotina de mães solteiras e chama a atenção para atitudes dos pais das crianças, viralizou neste mês nas redes sociais e já contabiliza mais de 20 mil reações e 6,1 mil comentários nas redes sociais até esta sexta-feira (19).

Mãe solteira, Rosângela aparece no final do clipe, junto à filha. As duas falam sobre a vida de uma mãe que cria os filhos sozinha e as dificuldades encontradas com a ausência do pai.

Vinicius Belizário, Vicente Pantaleão, Victor Pantaleão e Hudson Canela formam o grupo Coisa & Tals (Foto: Divulgação)

A história é parecida com a vivenciada pela protagonista do clipe que tem que cuidar da filha sozinha. O vocalista do grupo Coisa & Tals, Victor Pantaleão, conta que o objetivo não era fazer uma música comercial, mas levar algo de novo para o contexto do pagode.

“Hoje em dia, o mercado musical é muito competitivo e como nós não temos recursos de uma super produção, tivemos que pensar em algo diferente. Por isso, resolvemos falar sobre um assunto com que o público pudesse se identificar”, conta Victor.

Além disso, a banda procurou observar e destacar situações comuns que essas mães enfrentam no dia a dia e também nas redes sociais. “Eu passei a perceber muitas mulheres que se queixavam da falta de envolvimento do ex-companheiro, por exemplo”, comenta o vocalista.

Além da história da personagem, o clipe conta ainda com uma série de depoimentos ao final do vídeo.

“A ideia dos depoimentos veio porque queríamos mostrar que esses casos realmente acontecem. Essa junção de ficção com realidade fez com que mulheres do Brasil inteiro se identificassem”, conta Victor.

O vídeo e a música fizeram um sucesso nas redes sociais que o grupo não esperava. Atualmente, são mais de 1 milhão de visualizações e milhares de comentários na página do Coisa & Tals.

“Muitas mulheres contam suas histórias para a gente. E eu sempre leio, mostro para o pessoal e me emociono muito, porque vejo que a música conseguiu tocar as pessoas.”

Fonte: https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/grupo-de-pagode-faz-clipe-inspirado-em-historias-de-maes-solteiras-e-viraliza-na-web.ghtml

Deixe uma resposta