Evento transforma Bauru hoje na ‘capital da segurança do trabalho’

0
1367
Reunião do Sindicato dos Engenheiros para divulgação do workshop para a segurança do trabalho. Na foto: Luiz Roberto Pagani, Aguinaldo Bizzo, Gianfranco Pampalon, Javier Marcondes Torrico, Luís Alves Dias, Veríssimo Barbeiro, Marcos Wanderley Ferreira

Bauru será transformada, hoje, na “capital nacional da segurança do trabalho” com a realização de um workshop que apresentará as normas mais atuais da área, recentemente implementadas ou na iminência de entrarem em vigor. O objetivo do Workshop Internacional de Engenharia para Atualização em Segurança do Trabalho é apresentar o que há de mais novo sobre o assunto para que as empresas possam até mesmo se antecipar às adequações necessárias.

Promovido pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp), Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Bauru (Assenag) e Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusconSP), o evento atraiu interessados de todo o País. Com 380 vagas, as inscrições estão esgotadas.

“Mais de 280 são fora de Bauru. Virão pessoas do Brasil inteiro, do Amazonas ao Rio Grande do Sul. É um evento de grande amplitude, com profissionais de alto nível”, pontua o presidente da delegacia de Bauru do Seesp, Luiz Roberto Pagani. O workshop será realizado na Instituição Toledo de Ensino (ITE), das 8h as 18h, e trará seis painéis com a presença de especialistas sobre prevenção a acidentes no ambiente de trabalho.

Professor da Universidade de Lisboa e formador da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o engenheiro Luís Alves Dias veio de Portugal para apresentar, no encontro, a nova norma internacional em sistemas de gestão da segurança e saúde no trabalho ISO 45001, que deve entrar em vigor entre o final deste ano e início de 2018.

“Nunca houve uma norma que congregasse um consenso internacional e, neste sentido, ela deverá trazer muitas transformações, uma nova filosofia quando for implementada. As regras serão válidas para todos os ramos de atividade, mas irei mostrar exemplos de aplicação para o setor da construção civil, que é a área em que atuo”, explica.

FERRAMENTA INÉDITA

Durante sua apresentação, Dias irá divulgar a ferramenta inédita criada por ele para tornar mais prático o processo de adequação das empresas à ISO 45001. “Eu transformei a estrutura da norma em um conjunto de mais de 400 perguntas em inglês, que a empresa deverá responder com sim ou não. Ela irá descobrir o quanto falta para implementar a norma e poderá, inclusive, estabelecer metas com prazos até chegar aos 100%”, detalha.

Já o auditor fiscal do Ministério do Trabalho Gianfranco Pampalon irá esclarecer pontos do anexo 2 da Norma Regulamentadora 35 (NR-35), que foi recentemente publicado e especifica os sistemas de ancoragem de equipamentos de segurança para trabalho em altura.

“Ele especifica critérios sobre o local onde o equipamento, como o cinto de segurança, deve ser fixado para preservar a vida do trabalhador. Em média, 17% dos acidentes de trabalho no Brasil são provocados por queda. Na construção civil, beira os 40%. Este detalhamento tende a reduzir estas estatísticas, mas, ainda hoje, muitas empresas o desconhecem, correndo o risco de serem responsabilizadas por isso”, pontua.

Na companhia de Pampalon, o diretor do Seesp em Bauru Aguinaldo Bizzo irá detalhar o convênio firmado pelo Ministério do Trabalho com especialistas do sindicato para o aprimoramento das fiscalizações no setor elétrico. “Nós auxiliamos na interpretação e no esclarecimento sobre as formas de aplicação de diversos itens da norma, contribuindo para os auditores do Ministério Público padronizarem a fiscalização da atividade”, observa Bizzo.

MAIOR PROTEÇÃO

Vice-presidente da delegacia de Bauru do Seesp, Veríssimo Barbeiro destaca que o workshop, ao contribuir para a atualização de engenheiros e líderes de empresas de diversos estados brasileiros, deve gerar impacto para o aprimoramento da proteção aos trabalhadores de todo o País. “Mais uma vez, ao promover um evento de nível internacional, a engenharia de Bauru sai à frente nas questões nacionais, em prol do engenheiro e em defesa da sociedade”, pondera.

Além da presença de Luís Alves Dias, Gianfranco Pampalon e Aguinaldo Bizzo, estão confirmadas palestras de André Azevedo (Disemaq), Marcos Amazonas (Honeywell e coordenador da Comissão de Estudos da ABNT para revisão da NBR 16.489), Luiz Carlos Rocha (Auditor-fiscal na Superintendência Regional RJ), Helio Domingos Carvalho (engenheiro mecânico e membro da ABNT), Gilvan Nogueira Fonte Boa (Múltipla Representações e Consultoria) e Francisco Drumond (Sellix Ambiental).

SERVIÇO

O 1º Workshop Internacional de Engenharia para Atualização em Segurança do Trabalho será realizado hoje, das 8h as 18h, no auditório da ITE, que fica na Praça Nove de Julho, Vila Falcão. Mais informações pelos telefones (14) 3224-1970 e (14) 3224-1096.

Deixe uma resposta