Estão por aí’: 137 presos não retornam da ‘saidinha’ em Bauru

0
836

Levantamento divulgado pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) aponta que 148 dos 4.736 reeducandos das 13 unidades prisionais de Bauru e região, beneficiados no último dia 27 de dezembro com a saída temporária de Final de Ano, não retornaram aos presídios até 4 de janeiro, quando terminou o prazo para o regresso.

Somente em Bauru, dos 4.265 presos dos centros de Progressão Penitenciária 1, 2 e 3 (CPPs 1, 2 e 3), 137 permanecem foragidos. Ainda segundo a SAP, o número é positivo, com retorno de 96% dos detentos com direito ao benefício da “saidinha”. No mesmo período de 2016 e 2015, por exemplo, retornaram 95,3% dos reeducandos.

Os índices do órgão do Estado detalham que 55 dos 1.942 presos beneficiados com a “saidinha” no CPP 1 não voltaram à unidade. O CPP 2, contudo, foi o que registrou maior número de detentos que não retornaram: dos 1.973 que deixaram a unidade, 75 ainda estão nas ruas. Já no CPP 3 (antigo IPA), sete dos 295 não cumpriram prazo estipulado.

Na região, houve ainda outros 11 registros de reeducandos que não voltaram nas unidades prisionais de Pirajuí, Reginópolis e Balbinos.

PREOCUPA

Comandante interino da PM em Bauru, o major Fabiano de Almeida Serpa destaca que a corporação recebe a relação com os dados de todos os detentos que não retornaram para os presídios. A partir de então, os policiais intensificam as fiscalizações nas ruas com objetivo de recapturá-los.

“A SAP manda lista dos foragidos de Bauru e região para a Justiça e PM. O Poder Judiciário expede os mandados de prisão e encaminha para os órgãos policiais. Sempre há uma preocupação e, por isso, fazemos buscas constantes para encontrar os presos que não voltaram para as unidades”, frisa.

Fonte: https://m.jcnet.com.br/Policia/2018/01/estao-por-ai-137-presos-nao-retornam-da-saidinha-em-bauru.html?utm_source=Whatsapp&utm_medium=referral&utm_campaign=Share-Whatsapp

Deixe uma resposta