Em Bauru, 90% das empresas são familiares

0
1147
Sucessão na empresa familiar , na foto Henrique Trecenti, Reinaldo Cafeo, Patrícia Rossi

Das 17 mil empresas existentes em Bauru, aproximadamente 90% são familiares, conforme estima a Associação Comercial e Industrial de Bauru (Acib). Inclusive, a entidade fará um bate-papo gratuito, amanhã, para orientar os empresários a garantirem vida longa aos seus negócios.

Presidente da Acib, Patrícia Rossi explica que a ideia é trazer o tema em nível local e mostrar aos empresários que prevenir o “pior” é possível. “Serve como um alerta, já que 60% das empresas familiares não chegam até a terceira geração – porque fecham ou são compradas por outros grupos”.

Economista e vice-presidente da Acib, Reinaldo Cafeo acrescenta que, na maioria dos casos, o despreparo dos netos põe em risco a conquista dos pais e avôs. “Normalmente, a terceira geração nasce em ‘berço de ouro’ e os fundadores das empresas, não”, justifica.

GOVERNANÇA

Porém, há exceções. O sócio da terceira geração do Grupo Lwart, em Lençóis Paulista, vice-presidente do Conselho de Família da empresa e consultor da Höft, Henrique Trecenti, é a prova viva de que a governança, associada aos laços consanguíneos, garante vida longa aos negócios.

Trecenti – que é doutorando em direito tributário pela PUC, em São Paulo – contará sua experiência durante o bate-papo da Acib. “Quando a família sabe conciliar poder, dinheiro e sangue – no sentido de se dedicar à empresa com amor – nada é capaz de acabar com os negócios”, defende.

Segundo ele, o segredo está na governança, que também deve ser aplicada em micro e pequenas empresas. “Tem gente que usa o carro da empresa para resolver problemas pessoais. O erro está em misturar o jurídico com o físico, independentemente do porte do negócio”, observa.

E Reinaldo Cafeo acrescenta: a governança agrega valor à empresa. “Quando a estrutura é amadora, ela pode falir ou ser comprada a qualquer preço”, reforça.

Para evitar que isso ocorra, a Acib se disponibiliza a orientar os proprietários das empresas familiares, que vão desde uma pequena padaria até uma rede de supermercados.

Organizado pela entidade, o evento “Sucessão na Empresa Familiar” contará com o depoimento de Henrique Trecenti, além do sócio da Höft e especialista em transição de gerações, estruturação de protocolo societário familiar e implantação de governança, Wagner Luiz Teixeira.

SERVIÇO

Gratuito, o evento “Sucessão na Empresa Familiar” está marcado para amanhã (dia 27), a partir das 18h30, no auditório da Acib, que fica na rua Agenor Meira, 9-10, na região central de Bauru. Para participar, basta fazer a inscrição através do e-mail atendimento@acib.org.br. Mais informações por meio do telefone (14) 3223-8455.

Deixe uma resposta