Em alto astral, caminhada alerta para câncer de mama em Bauru

0
1090

Evento tradicional, que toma a Getúlio Vargas, integra o Outubro Rosa

Alto astral, som, sorteio de prêmios e muita troca marcaram a celebração da vida e a conscientização sobre o câncer de mama, na manhã deste domingo (20), durante a 12.° edição da Caminhada pela Vida, promovida pelo Grupo Amigas do Peito, em Bauru. O evento, que integra a programação do Outubro Rosa na cidade, atraiu cerca de três mil pessoas na avenida Getúlio Vargas, segundo os organizadores.

O tom rosa, estampado na camiseta dos participantes, tomou conta das imediações da Praça Portugal e da avenida Getúlio Vargas, logo cedo. Às 8h30, a caminhada teve início e seguiu até 11h30.

“O principal objetivo é chamar atenção das mulheres para que façam exercícios físicos e, com isso, possam diminuir o risco de câncer de mama”, informa Clara Vasconcelos, presidente do grupo Amigas do Peito. Ela ressalta a importância do evento para que um número maior de pessoas tenha acesso a informações sobre a doença.

Para Clara, a falta delas é o que provoca medo e, muitas vezes, até a morte. Se esclarecimento é fundamental, estar ao lado de pessoas da família e de quem ama também é muito importante após o diagnostico, acrescenta a presidente do grupo.

“A família e os amigos estando presentes, tudo fica melhor e mais fácil encarar, reitera Isabel Lisboa, diagnosticada há oito anos com câncer de mama. “O câncer vem para gente, como um alerta, para você desacelerar. Tem que pensar na sua vida, não só no trabalho. Eu vivia muito intensamente, trabalhando e trabalhando e esquecia da vida”, relata. Ela reforça também o essencial papel da família durante o tratamento e conta ter aprendido a viver após o diagnóstico.

Em todo esse processo, a participação masculina é necessária. Não à toa, Rodrigo Alves participa há muito anos da caminhada. “É muito importante a prevenção do câncer de mama. É legal para conscientizar as pessoas e chamar atenção para fazer o check-up anual”, disse ele.

O evento contou ainda com William Delgallo, mastologista sempre presente na tradicional caminhada. “Atualmente, o câncer de mama é uma doença extremamente incidente. A faixa etária vem diminuindo e nós temos que ter atenção em relação a isso”, pontua.

EXAMES

Aliás, a carreta-móvel do programa “Mulheres de Peito”, da Secretaria de Estado da Saúde, que oferece mamografias grátis e sem necessidade de pedido médico para mulheres acima de 50 anos, estará em Bauru entre esta segunda-feira (21) e dia 26 de outubro. O serviço será instalado no estacionamento do Hospital Estadual de Bauru.

Os exames de mamografia serão das 9h à 18h, e no sábado, das 9h às 13h. As imagens captadas pelos mamógrafos são encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), que emite laudos à distância, na Capital.

Também é possível marcar exames sem necessidade de pedido médico, gratuitamente, pelo callcenter da secretaria. Para fazer o agendamento, basta ligar para 0800-779-0000. O serviço telefônico está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Neste caso, os exames não serão realizados nas carretas, e sim em um dos 200 serviços com mamógrafo do SUS paulista.

Deixe uma resposta