É Hora de Relaxar

0
3140

Uma boa música, um bom filme… Não é fácil, entre tantos álbuns, artístas e inúmeras produções cinematográficas, eleger apenas uma música ou um filme que marcou um momento especial de nossas vidas. Mas a Revista Atenção lançou este desafio e alguns leitores revelaram sua preferência. Acompanhe:

É difícil escolher qual a melhor entre as melhores. Que seja permitido, pelo menos, uma opção por gênero. Entre as composições brasileiras de música popular, acho que “Águas de Março”, de Tom Jobim, foi o que de melhor se fez neste país. Inesquecível o dueto do autor com Elis Regina. A letra é inteligente, feita somente de substantivos. “É pau, é pedra, é o fim do caminho…” Do repertório internacional eu escolheria uma do meu tempo de jovem: Bob Dylan cantando “Like a Rolling Stones” (1965). Uma beleza! A letra sintetiza a vida meio sem rumo da juventude à época – “sem nenhuma direção, como uma pedra que rola”. Gosto de música bem-feita. Não importa o gênero. No cinema, a escolha é ainda mais difícil, mas fico com “O Poderoso Chefão 2”. Conseguiu ser melhor do que o primeiro, com Marlon Brando, que já era ótimo. Show de direção de Francis Ford Coppola. O romance de Mário Puzo já era um perfeito roteiro de cinema. Os intelectuais não podem negar que o filme é grande no aspecto cultural, estético e histórico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here