De Bauru para o mundo com animação que concorreu ao Oscar 2016

0
705
Encontro de Design 19º Interdesigners Priscilla Kellen

A designer Priscilla Kellen, que estudou na Unesp de Bauru e se especializou em animação, foi um dos destaques do 19º Interdesigners. Ontem, durante um bate-papo com os alunos, ela falou sobre a sua experiência como assistente de direção e coordenadora artística do longa “O Menino e o Mundo”, dirigido pelo seu marido, Alê Abreu, e indicado em 2016 para o Oscar de melhor animação.

Antes, Kellen conversou com a reportagem do JC. Na bagagem dela, estão produções como o “Garoto Cósmico” e o episódio piloto para animação de TV “Vivi Viravento”, que se transformou em uma série infantil dirigida por ela e deve estrear na TV Cultura e no canal Discovery Kids até o fim do ano. A designer conta que “O Menino e o Mundo” tinha como título original “Cuca no Jardim”.

“Foi um filme que aconteceu muito na ilha de edição, ele não teve roteiro. À medida em que o Alê foi construindo essa história, eu já estava muito mergulhada nela”, diz. “Como assistente de direção, eu tinha que fazer com que o olhar do diretor fosse seguido e garantir a coerência da parte visual e da narrativa”.

A designer explica que o cinema de animação vem se consolidando no Brasil nos últimos dez anos, parte em razão da chamada cota de tela (obrigação que as empresas exibidoras têm de incluir na programação longas-metragens brasileiros) e parte devido à qualidade das obras cinematográficas desse segmento.

“O Brasil, hoje, vende ideias, vende criatividade. Os nossos projetos, apesar de terem chegado nos canais através das cotas de tela, se mantêm e são vendidos para outros países. A animação brasileira está despertando a curiosidade do resto do mundo. É um momento bem rico”.

Fonte: jcnet.com.br –  https://www.jcnet.com.br/Geral/2017/11/de-bauru-para-o-mundo-com-animacao-que-concorreu-ao-oscar-2016.html

Deixe uma resposta