Cãibras | Nem sempre indicam falta de potássio

0
1985

Contrações musculares frequentes podem ter diferentes causas entre pacientes renais crônicos

ineb-9

As cãibras são contrações musculares involuntárias comuns no cotidiano das pessoas. Na maioria das vezes, a causa está relacionada ao esforço excessivo e à desidratação.
Vale ressaltar que nem sempre as cãibras devem ser interpretadas como decorrentes da falta de potássio, principalmente em pacientes renais crônicos. Nestes pacientes, o potássio, presente na batata, beterraba e banana, por exemplo, deve ser controlado. “Os pacientes com doença renal não eliminam o potássio adequadamente pela urina, levando ao acúmulo no sangue. O alto nível de potássio no sangue pode provocar fraqueza nos músculos, náuseas e complicações no coração, como arritmias”, ressalta Letícia Pacheco, nutricionista do Instituto.de Nefrologia de Bauru (INEB).
As cãibras podem ser uma consequência indireta da doença renal crônica, quando há anemia, que é frequente entre os pacientes renais, ou carência de alguns sais minerais, decorrente de baixa ingestão alimentar ou perdas excessivas causadas pelo uso de medicações como diuréticos. Desta forma, para pacientes renais crônicos em tratamento conservador, é possível prevenir as cãibras a partir da ingestão adequada de líquidos, dieta orientada e uso controlado das medicações, de acordo com a prescrição médica. “É importante que seja avaliado clinicamente em consultas periódicas, com resultados de exames, pelo seu médico e também por nutricionista”, complementa a nefrologista do INEB, Juliana Abrão.
Já em pacientes renais crônicos submetidos a hemodiálise, as cãibras geralmente ocorrem quando existe grande e rápida retirada de líquidos e de eletrólitos (sódio e potássio) durante o procedimento. De acordo com Juliana, as cãibras podem limitar a tolerância do paciente à sessão de hemodiálise, caso não seja corrigida a causa. “Sendo identificado o fator desencadeante, é possível evitá-las e, desta forma, não limitar o tratamento”, destaca a profissional.
A nutricionista do Instituto cita o ganho de peso entre as sessões de hemodiálise como a principal causa de cãibras em pacientes. “O alto consumo de líquidos pode prejudicar o processo de diálise. A retirada de grandes volumes líquidos faz com que os eletrólitos deixem rapidamente o espaço extracelular, podendo causar baixa pressão arterial e, também, cãibras”, conclui Letícia.

Deixe uma resposta