Biologia da Unesp oferece cursos gratuitos à população há seis anos em Bauru

0
692

bre educação ambiental e tirar dúvidas em relação ao nosso meio ambiente. Para incentivar, todas as atividades realizadas aqui na cidade são totalmente gratuitas!

Nós conversamos com a organização do projeto para saber mais sobre esta linda iniciativa! Confira:

Há quanto tempo existe o projeto “Bio na Rua” aqui em Bauru?
Há seis anos. Estamos atuando em Bauru desde 2012.

E como surgiu?
O início do projeto aconteceu em um Encontro Nacional dos Estudantes de Biologia. Os alunos de Ciências Biológicas da UNESP da época conheceram o formato do projeto que era executado por outras faculdades pelo país e decidiram trazer para Bauru.

É realizado somente nas escolas? E é gratuito?
Normalmente trabalhamos com escolas ou eventos relacionados ao meio ambiente ou à ciência, porém não temos uma restrição. E sim, todas as atividades são gratuitas.

Como funcionam as ações do projeto?
Funciona da seguinte forma: nos dividimos em bancadas, cada uma com um tema diferente relacionado a biologia e montamos atividades e apresentações para explicar os conteúdos de uma forma simples e acessível.

E quantas pessoas participam do projeto? Todos os cursos de biologia na Unesp?
Neste ano temos em torno de 90 pessoas no projeto, mas o ano passado passamos de 130 pessoas.

De que forma a população pode contribuir com o projeto?
A população pode contribuir indo no projeto e conhecendo um pouco mais sobre a Biologia!

E quais ações que vocês enxergam que a população poderia realizar em benefício da cidade de Bauru?
Cada pessoa podia fazer o controle do descarte de resíduos em sua própria casa, separação do lixo orgânico do reciclável, descarte de óleo e outros resíduos líquidos. Todos deveriam ter consciência em relação ao ambiente que vive, pois a cidade também é um ambiente e tem que ser cuidado com responsabilidade. Outro ponto é tomar consciência de como as decisões políticas que são tomadas interferem no meio ambiente, principalmente pela cidade de Bauru abrigar alguns dos poucos fragmentos de cerrado, que ainda estão protegidos no estado de São Paulo.

O que vocês esperam do projeto “Bio na Rua”?
Nós esperamos que o projeto atinja o maior número de pessoas possível, para sensibilizar as pessoas aos temas ambientais e acabar com certos mitos criados por culturas sociais, assim como mostrar para a comunidade que a Ciência é acessível, podendo ser aplicada no cotidiano, rompendo com a ideia de que ela limita-se à universidade.

Para saber mais, acesse: www.facebook.com/CABioBauru

Deixe uma resposta