Bauruense ganha prêmio no Festival de Cannes com campanha feita para a Netflix

0
605

O Festival de Cannes foi criado, em 1946, pelo ministro francês Jean Zay com o objetivo de implantar um evento cultural de nível internacional. Hoje em dia, ele é um dos mais importantes festivais de cinema do mundo e não prestigia somente diretores consagrados, mas também, o trabalho de jovens.

Foi assim que o bauruense Felipe Simi teve a oportunidade de ganhar o primeiro Leão de Bronze na categoria “Entretenimento” para o Brasil. Ele fez a campanha de divulgação da série Stranger Things da Netflix – “Xuxa e o baixinho que sumiu” – no Festival de Cannes. O vídeo foi feito pela agência de Felipe, localizada em São Paulo, a SOKO.

“A ideia do filme foi adaptar o contexto da série de suspense, que se passa nos anos 80, nos Estados Unidos, para o Brasil. Ícone brasileiro dessa época e com muitos mistérios ligados à sua história, Xuxa foi escolhida para estrelar a ação de PR em vídeo e apresentar o enredo da série da melhor maneira possível para o nosso país”, explica Felipe.

Deixe uma resposta