fbpx
quinta-feira, 18 de agosto de 2022
Anúncio
Home Noticias Bauru está dentro do Coração Paulista. Entenda o que isso significa!

Bauru está dentro do Coração Paulista. Entenda o que isso significa!

0
694

O Mapa do Turismo Brasileiro é uma forma que o Ministério do Turismo encontrou de facilitar o apoio à estruturação dos destinos, à gestão e à promoção do turismo no país. Sendo assim, o mapa é dividido em regiões conforme os limites e interesses de cada cidade.

Bauru é a representante da região conhecida como Coração Paulista, constituída por mais dez cidades. Juntos, os 11 municípios unem as forças para propor ideias e tornar a região vislumbrada turisticamente, além de cada um deles contribuir com diferentes pontos turísticos. São eles: Águas de Santa Barbara, Agudos, Avaí, Cafelândia, Lençóis Paulista, Macatuba, Pederneiras, Pirajuí, Piratininga e Reginópolis.

Segundo a diretora da Divisão de Planejamento Turístico e Eventos da Sedecon de Bauru, Marina Martins, a característica que une essas cidades é a proximidade. “O Coração Paulista é composto pelas cidades que estão no meio do Estado. Agora, nós vamos começar a trabalhar em um projeto turístico como região e não individualmente. Vamos ter um representante para falar por todas”.

Passo a passo

Para fazer parte do mapa turístico, o primeiro passo é enviar documentações ao Ministério do Turismo como comprovação de dotação orçamentária para o turismo, órgão oficial representando o Turismo (no caso a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda) e o termo de compromisso assinado pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta.

Já para o processo de MIT (Município de Interesse Turístico) é necessário o envio do Inventário da Oferta Turística (favor retirar hotéis e farmácias), Pesquisa da Demanda Turística e o Plano Diretor de Turismo, além das atas do Conselho Municipal de Turismo de Bauru (COMTUR). “A gente começou a fazer esse trabalho, que é demorado e lento, porque temos que informar quantos hotéis e farmácias a cidade tem, além de tudo o que o município pode desenvolver”, explica Marina.

A partir daí, o Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (DADETUR) da Secretaria de Turismo do Estado pode repassar recursos para a execução de obras e programas ligados ao desenvolvimento do turismo nas cidades reconhecidas.

Planos de investimento do Coração Paulista

Como a verba que será recebida prevê apenas obras como restauração, revitalização ou construção, os projetos para a região do Coração Paulista serão feitos a partir do plano diretor.

Entre eles está o projeto de sinalização da região, preparando as 11 cidades para a chegada dos turistas. Outro projeto é a identificação o produto turístico de cada cidade e a construção de pontos de informação turística. Depois de consolidar a região como um todo, o objetivo é fazer um roteiro turístico e vender em agências, atraindo mais pessoas para conhecer Bauru e região.

Quem é o turista de Bauru?

Para saber quais as características dos turistas que vêm a Bauru, a SEDECON realiza uma pesquisa de demanda turística. Dados como quem é o turista, o que ele vem fazer na cidade e quanto ele gasta são coletados e, a partir disso, uma política pública é pensada para atendê-los.

“A pesquisa da demanda turística já está sendo encerrada e vamos apresentar no final de setembro. Nós temos o resultado parcial da pesquisa e já sabemos que Bauru é uma cidade voltada para o turismo de negócios”, explica.
Apesar de receber pessoas que vêm para universidades, palestras, empresas, entre outros negócios, Bauru também recebe os visitantes de Avaí, Piratininga e Agudos. Portanto, a cidade sem-limites tem papel centralizador de demandas dos municípios vizinhos, fornecendo, como por exemplo, hospedagem e opções gastronômicas.

“Avaí já é o turismo indígena. Agudos tem as águas e o mosteiro. Quando recebem turistas, eles não têm hotéis, então essas pessoas acabam vindo para Bauru. Piratininga é a mesma coisa, eles utilizam os restaurantes e hotéis de Bauru pela proximidade”, diz a diretora da Divisão de Planejamento Turístico e Eventos da Sedecon.

Apesar de a maioria dos turistas virem a Bauru para negócios, Marina diz que a cidade tem muito mais a oferecer. Por isso, ela sugere o seguinte roteiro: “eu, particularmente, gosto muito da Pinacoteca – Casa Ponce Paz. O Museu Ferroviário também é muito bonito, além do Jardim Botânico e do Zoológico. Temos também a igreja Tenrykio, que é muito pouco falada. Ela é única e maravilhosa”.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat