A solidariedade já está no cabide em Bauru!

0
705
Peças de roupas de frio já podem ser doadas e retiradas no Terminal Rodoviário de Bauru

A Prefeitura de Bauru inaugurou nessa quarta-feira (10) o Cabide Solidário do Agasalho, no Terminal Rodoviário. Este é o quarto ano da ação, de iniciativa do vereador Markinho Souza, que tem apoio da Secretaria de Bem-Estar Social (Sebes), Fundo Social de Solidariedade (FSS) e Emdurb.

O Cabide tem capacidade para receber até 80 peças. Todas as noites, servidores da Sebes fazem a reposição das roupas, utilizando o que foi arrecadado pelo Fundo e entidades parceiras nos postos de arrecadação da Campanha do Agasalho.

Os interessados em doar peças já podem se dirigir ao Terminal Rodoviário e pendurar os agasalhos diretamente no cabide. As roupas ficam à disposição da população de forma totalmente gratuita até o final da campanha, no dia 20 de setembro.

LANÇAMENTO

Estiveram presentes no lançamento o vice-prefeito, Antônio Gimenez; a presidente e a vice do FSS, Lázara Gazzetta e Rosângela Gimenez; o presidente da Emdurb, Elizeu Eclair; os secretários municipais José Carlos Fernandes (Sebes), Isabel Miziara (Educação), Mayra Fernandes (Semma), David José Françoso (Administração); e os vereadores Markinho Souza, Miltinho Sardin e Serginho Brum.

“Este ano, nós antecipamos o início da Campanha do Agasalho para que as pessoas que mais necessitam estejam preparadas quando o frio realmente chegar”, disse Lázara.

Titular da Sebes, José Carlos Fernandes falou da meta de ampliar a ação. “Nossa intenção, já no próximo ano, é expandir o projeto para outras áreas com grande circulação de pessoas na cidade, principalmente em prédios da área da saúde. O nosso dever é dar assistência às pessoas que precisam não só do calor humano, mas também se proteger do frio intenso que atinge o município em determinadas épocas”.

Autor da iniciativa, o vereador Markinho Souza ressaltou a continuidade do projeto, que está no quarto ano. “Estou muito feliz com mais um ano do Cabide Solidário, pois vemos vários projetos começarem e não ter continuidade. Faço um apelo para que a população participe, doando roupas para aqueles que mais necessitam e fazendo da ação sucesso em mais um ano”.

Deixe uma resposta