80% ainda não declararam o IR e dados de bens lideram as dúvidas

0
741
Nem metade de Bauru declarou o imposto de renda. 18/04/2017 Na foto: Belmiro Antônio Peres, auditor fiscal da Receita Federal

Os bauruenses devem se apressar para acertar as contas com o Fisco. Quase 80% dos contribuintes da cidade ainda não declaram o Imposto de Renda, sendo que o prazo para tanto termina às 23h59 do dia 30 deste mês. E a dúvida mais frequente das pessoas tem sido sobre o acréscimo de informações complementares de bens, justamente uma das novidades para 2018.

É o que revela o auditor fiscal da Receita Federal, em Bauru, e supervisor do Imposto de Renda (IR) da região, Belmiro Antônio Peres. Segundo ele, entre os dias 1 de março e 3 de abril deste ano, 17.855 contribuintes declararam o imposto no município, 22,3% dos esperados 80.060.

Já na região, que compreende Bauru e outras 45 cidades, houve, no mesmo período, 58.080 declarações, 24,3% do total esperado, que é de 238.800.

Belmiro Peres analisa que, normalmente, os contribuintes deixam para a última hora e esta porcentagem de declarantes, até o momento, não foge do cenário registrado nos último anos.

Embora a tendência seja a de fazer tudo nos “45 do segundo tempo”, o auditor fiscal adverte que existe a possibilidade de que a sobrecarga de acessos ao sistema da Receita provoque algum problema na Internet propriamente dita e prejudique os contribuintes que deixarem para o último instante.

“Além disso, declarar o imposto com antecedência implica em sua restituição mais rápida, para quem tiver direito a tanto. Falando nisso, os lotes começarão a ser entregues em junho e acabarão em dezembro deste ano”, complementa.

Vale lembrar que quem perder o prazo da declaração está sujeito a multa, que varia de R$ 165,74 a 20% do imposto devido.

OS BENS

Entre os tópicos que mais estão gerando dúvida por parte dos contribuintes, Peres destaca o acréscimo de informações complementares de bens, uma das novidades para 2018. De acordo com ele, agora, existe a possibilidade de inserir o IPTU, a matrícula, o cartório e a área total, no caso dos imóveis.

“Alguns apartamentos têm a matrícula diferente da garagem, por exemplo. O correto é acrescentar ambos os dados, quando há divergência”, explica.

O presidente do Sindicato dos Contabilistas de Bauru e Região (SindCon), Marcos Henrique Mazziero, também acredita que esta seja a principal dúvida dos contribuintes, mas reforça que o preenchimento das informações ainda não é obrigatório. “Porém, o indicado é que o declarante vá se adaptando à mudança, que pode ser definitiva a partir de 2019”, finaliza.

SERVIÇO

Para esclarecer as dúvidas dos bauruenses, a Receita Federal realiza um plantão fiscal às terças e sextas-feiras, das 8h30 às 11h30, na sede do órgão, que fica na rua Treze de Maio, 7-20, na região central da cidade.

O SindCon também se disponibiliza a fazê-lo através dos telefones (14) 3222-7500 ou (14) 3222-5202, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Fora isso, o próprio programa da Receita possui um manual de instruções, com as perguntas e respostas mais recorrentes. O Fale Conosco, do site do órgão, é outro canal de comunicação com a Receita, cujo endereço eletrônico é o https://idg.receita.fazenda.gov.br/.

Sindicato fará orientação gratuita para retirar dúvidas neste sábado

Malavolta Jr.
Marcos Mazziero, do SindCon

Quem ainda não fez a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) terá uma boa oportunidade para esclarecer as principais dúvidas, já que o Sindicato dos Contabilistas de Bauru e Região (SindCon) fará uma orientação gratuita neste sábado (7), das 10h às 14h, na sede da entidade, que fica na região central do município.

Segundo o presidente da instituição, Marcos Henrique Mazziero, desta vez, o SindCon firmou parceria com o Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo (Sescon-SP) para a realização da iniciativa.

Ainda de acordo com Mazziero, o objetivo do evento é esclarecer as principais dúvidas acerca da declaração do IR. “É importante deixar claro que nós não faremos o preenchimento dos dados, apenas a orientação”, acrescenta.

Além disso, o sindicato pretende incentivar e orientar os contribuintes sobre a destinação dos 3% para entidades assistenciais do município onde residem, ou seja, Bauru.

A expectativa é de que a entidade atenda, em média, 300 contribuintes.

SERVIÇO

O evento ocorrerá no sábado, das 10h às 14h, na sede do SindCon, que fica na rua Araújo Leite, 20-49, na região central de Bauru. Já os telefones da entidade são o (14) 3222-7500 ou (14) 3222-5202. O horário de atendimento, no sindicato, é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

JuRehder

Fonte: https://www.jcnet.com.br/Economia/2018/04/80-ainda-nao-declararam-o-ir-e-dados-de-bens-lideram-as-duvidas.html

Deixe uma resposta