Uber bane 1.600 motoristas no Brasil por ‘cancelamento excessivo de viagens’

0
405

Segundo a empresa, “dos cerca de 1 milhão de motoristas e entregadores parceiros cadastrados na Uber, 0,16% do total apresentaram — de maneira recorrente

A Uber baniu nesta semana cerca de 1.600 motoristas de seu aplicativo pelo “cancelamento excessivo” de viagens.

A empresa afirmou, em comunicado, que “dos cerca de 1 milhão de motoristas e entregadores parceiros cadastrados na Uber, 0,16% do total apresentaram — de maneira recorrente — comportamentos que prejudicam intencionalmente o funcionamento da plataforma”.

O banimento dos motoristas acontece após meses de reclamações dos usuários sobre o cancelamento e tempo de espera para corridas. Uma das imagens que circula nas redes sociais — e cuja veracidade foi confirmada pela reportagem –, mostra um dos motoristas excluídos da plataforma com um aviso da Uber dizendo que, de 3.648 viagens, ele havia cancelado 3.484 nos últimos 30 dias.

Os motoristas têm reclamado da alta no prelo do combustível e do aumento dos preços de aluguel de carros.

Segundo a Associação de Motoristas de Aplicativos de São Paulo (Amasp), o número de profissionais banidos “é exorbitante”.

Deixe uma resposta