Relacionamento com o cliente | NOVA COLUNA

0
1393
STEFANIA CARDOSO Publicitária e especialista em atendimento ao cliente, atua, entre outros, com gestão e relacionamento com o cliente e gerenciamento de crises

satisfação além do lucro

A partir de um olhar diferenciado para o consumidor e seus funcionários, o posicionamento das empresas pode aprimorar o relacionamento com o cliente

Redação/Texto: Ana Beatriz Garcia

adult-1846748_1920

Uma das boas sensações da vida é a de satisfação. Seja ela profissional ou pessoal, não há quem não a almeje. No âmbito das empresas, essa palavra também se faz bastante presente. Desde as propagandas até as conversas informais, é comum se ouvir sobre a satisfação (ou não) do cliente em relação ao produto adquirido ou ao serviço contratado e sobre o posicionamento adotado pela organização em relação ao consumidor.
A publicitária e especialista em atendimento ao cliente, Stefania Cardoso, reside em Bauru há 14 anos e avalia que a cidade que a acolheu tem grande potencial em relação ao comércio. “Bauru é um polo regional. Vemos que vem muita gente das cidades próximas para prestigiar o comércio, os bares e as casas noturnas daqui. Bauru é uma cidade acolhedora, onde é possível encontrar várias pessoas de diferentes cidades do país”, destaca.
Tendo em vista essa diversidade e expansão, Stefania ainda salienta a importância de empresas locais assumirem a vocação comercial presente na cidade. “É importante investir em outros setores também, mas acredito que temos como explorar essa vocação comercial que a cidade tem, inclusive nesse momento de crise”, comenta.
Com anos de experiência em gerenciamento de crises, a especialista – que também foi professora no curso de Atendimento a Clientes na Microlins e no momento atua na Petrobrás – aponta que um dos fatores que levam as empresas a ter um bom relacionamento e proporcionar satisfação aos seus consumidores perpassa às relações da organização com seus profissionais. “Eu costumo dizer que é como uma ‘bola branca’. Na sinuca, você não quer encaçapá-la, mas o que fizer nela, vai refletir diretamente nas demais que são o seu alvo. O funcionário é a mesma coisa, a maneira como você se relaciona com ele vai refletir na forma como a sua empresa se relaciona com o cliente”, conclui.
O tema é relevante e amplo e também encontrou seu espaço nas páginas da Revista Atenção que, em suas próximas edições, trará outros aspectos do relacionamento feliz entre empresas e clientes.

Deixe uma resposta