Psicóloga explica quais são os benefícios da relação entre animais de estimação e crianças

0
979

Para a psicóloga Jéssica Andressa da Silva Oliveira, de Itapetininga (SP), o velho ditado que diz que cão é o melhor amigo do homem realmente faz sentido. A especialista ressalta que a relação entre o homem e o animal de estimação – seja cachorro, gato ou outro pet – traz uma série de benefícios para a saúde mental e física, principalmente para crianças e idosos.

De acordo com Jéssica, muitos pais têm receio de ter um bichinho com crianças pequenas na casa. Mas ela garante que para a saúde física dos pequenos é melhor que o contato seja feito o quanto antes. O ideal, segundo ela, é a partir dos 4 anos.

“Normalmente os pais têm preocupação de ter um animal na casa com as crianças pequenas, mas nos dias de hoje é muita recomendado. Quanto antes as crianças tiverem o convívio com os cães, melhor para a saúde física delas. Sem esse contato, elas correm riscos de serem alérgicas e ter problemas com asma, por exemplo. A relação reduz os riscos alérgicos”, diz.

Pietro, de 5 anos, com o shih-tzu Teo (Foto: Felipe Modesto/TV TEM)Pietro, de 5 anos, com o shih-tzu Teo (Foto: Felipe Modesto/TV TEM)

Pietro, de 5 anos, com o shih-tzu Teo (Foto: Felipe Modesto/TV TEM)

Idoso

Já para os idosos, a relação traz benefícios para a saúde mental. “É uma relação que diminui os riscos de depressão. Gera estímulo para a mente para quem tem Alzheimer, Mal de Parkinson, por exemplo. Estudos mostram que a parte neuro é estimulada com o convívio com os animais”, explica.

Ainda de acordo com a psicóloga, o importante é ter responsabilidade e gerar isso nas crianças e idosos.

“Os cães dão afeto, carinho, atenção, eles sentem com a gente, mas requer responsabilidade, cuidado, visita veterinária que deve ser feita todo mês e vacinação”, diz

 

Animais de estimação traz benefícios para crianças e idosos (Foto: Caio Gomes Silveira)

Fonte: https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/mundo-pet/noticia/psicologa-explica-quais-sao-os-beneficios-da-relacao-entre-animais-de-estimacao-e-criancas.ghtml

Deixe uma resposta