Projeto propõe transformar antigo pátio da NOB em escola de música

0
91
Projeto: o galpão da NOB toma uma nova forma pelas mãos de cinco estudantes de Arquitetura / Foto: Fotos: Divulgação

À base do ensino a distância, cinco estudantes do Unisagrado, em Bauru, desenvolveram o estudo a fim de restaurar o local

Visando restaurar o antigo pátio da Noroeste do Brasil (NOB) e dar outro uso ao mesmo, situado atrás da Estação Ferroviária, na Vila Falcão, em Bauru, cinco estudantes do último ano de Arquitetura e Urbanismo do Unisagrado resolveram transformá-lo em uma escola de música.

Este foi um dos 14 projetos apresentados no decorrer da disciplina de Técnicas e Retrospectivas, ministrada pela professora Lilian Massumie Nakashima, ao longo do segundo semestre de 2020.

Ainda em relação à transformação do prédio em uma escola de música, uma das alunas responsáveis pelo estudo, Giovana Pignatti Canali, narra que a docente sugeriu ao seu grupo, formado por Ana Costa, Carolina Oliveira, Desirre Felipe e Isabelle Bertão, que optasse por criar tal proposta ou, até mesmo, algo ligado à dança no local.

Em seguida, a equipe começou a pesquisar os materiais mais adequados para que as sugestões mantivessem as características originais do prédio. “Nós tentamos, ao máximo, não interferir, deixando uma visão ampla do galpão”, complementa Giovana.

Para tanto, de acordo com ela, as estudantes trabalharam com o conceito de permeabilidade. “Isso significa manter a visão completa do ambiente, evitando que as pessoas percebam as divisões de cada espaço. Nas salas de música propriamente ditas, as portas são de vidro”, exemplifica.

O uso de estruturas metálicas, por sua vez, permite que a nova configuração do local não interfira na original. “Nós também optamos pelo drywall, uma alternativa de alvenaria com fibras de vidro, fato que possibilita o isolamento acústico do ambiente”, observa.

Segundo a professora Lilian Massumie Nakashima, que já trabalhou em um escritório italiano voltado à revitalização urbana, a cultura da recuperação é desvalorizada no Brasil.

Para a docente, a restauração realça os fragmentos da história e mantém as memórias de determinada população vivas. “No caso de Bauru, a cidade se desenvolveu por meio da rede ferroviária. Porém, depois da abertura das rodovias decorrente do processo de industrialização, o sistema ficou abandonado”, reforça.

Por isso, Lilian pretende apresentar não só este, mas os 14 projetos de recuperação daquele local ao poder público municipal.

OUTRO DESAFIO

As aulas a distância, em virtude da pandemia do novo coronavírus, garantiram um aprendizado à parte. “A equipe precisou de ainda mais disciplina do que usaria presencialmente, porque havia muitas ideias para discutir”, justifica Giovana.

Questionada sobre a possibilidade de submeter o projeto ao poder público municipal, a aluna diz que o grupo tem tal interesse. “Embora a cidade invista pouco em restauração, o seu passado precisa ser preservado”, finaliza.

Conforme consta no projeto, todas as salas de música contam com isolamento acústico / Foto: Divulgação

Fonte: https://www.jcnet.com.br/noticias/geral/2020/08/731765-projeto-propoe-transformar-antigo-patio-da-nob-em-escola-de-musica.html

Deixe uma resposta