Projeto Choro Vivo inicia oficinas em escolas públicas de Bauru

0
678

O projeto Choro Vivo inicia sexta-feira (25/8), na Emef Nacilda de Campos, no Jardim TV, uma série de oficinas voltadas aos estudantes da rede municipal. As informações são da assessoria.

O projeto está dividido em duas fases: a primeira se dá com uma série de oficinas em escolas públicas do município com objetivo de oferecer aos estudantes a oportunidade de conhecer o estilo choro e seus instrumentos.

A segunda será com shows gratuitos a toda a população em espaços públicos da cidade, como o Jardim Botânico, no dia 1° de outubro; Bosque da Comunidade, 21 de outubro; e Museu Ferroviário, dia 2 de dezembro. Todo o projeto conta com o incentivo do Programa de Estímulo à Cultura, da Secretaria Municipal de Cultura.

As escolas escolhidas para essa fase contaram com o apoio da Secretaria Municipal da Educação, que indicou as escolas onde serão realizadas as oficinas.

A Emef Nacilda de Campos será a primeira a receber os músicos para a oficina dedicada aos seus estudantes nesta sexta-feira. No dia 28 de agosto, segunda-feira, a oficina será na Emef Santa Maria, na Vila Universitária e, finalizando, na Emef Alzira Cardoso, no Jardim Chapadão no dia 30 de agosto, quarta-feira.

MÚSICA BOA

Nessas oficinas os estudantes entrarão em contato com o gênero musical dos mais brasileiros, que ao longo dos anos vem se renovando sem esquecer de suas raízes, músicas como “Brasileirinho” de Waldir Azevedo ou “Carinhoso” de Pixinguinha entraram para o imaginário popular e hoje são consideradas “hinos” da expressão de brasilidade. A renovação do estilo está em nomes como o grupo Bom Tempo, de Bauru, selecionado dentro do programa municipal de Estímulo à Cultura para realizar o projeto Choro Vivo. Os mais jovens terão a alegria de conhecer um pouco de um estilo musical brasileiríssimo.

Deixe uma resposta