Prefeitura vai manter o plano de saúde no modelo vigente

0
44
Entrevista com o prefeito Clodoaldo Gazzetta, sobre a av. Duque de Caxias

A Prefeitura de Bauru realizou ontem licitação para contratação de plano de saúde dos servidores municipais e, com o resultado do processo, ficarão mantidos os moldes atuais. O Grupo São Francisco, que já presta o serviço, foi o vencedor do certame e terá um novo contrato pelo período de cinco anos. Para os servidores, não haverá mudança tanto na cobertura oferecida quanto no valor descontado da folha de pagamento, de 4%. Ficam preservados também os dependentes, sem necessidade de contrapartidas.

O contrato atual vence em julho e o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) havia se comprometido com os servidores em tentar manter o modelo atual. “Esse foi um compromisso assumido, de manter o plano de saúde como ele sempre foi, sem nenhum prejuízo aos servidores, tudo dentro do prazo”, disse Gazzetta.

O município trabalhava com uma limite orçamentário de R$ 221,00 per capita. O valor ficou até abaixo desse número, fechado em R$ 215,00 – o atual é de R$ 188,61.

O per capita da prefeitura, inclusive, é menor do que o do DAE e da Câmara, que estão em R$ 302,00. Caso a oferta da operadora ficasse no limite, a prefeitura gastaria R$ 5,2 milhões a mais por ano para manter o plano. Já com o valor oferecido, o aumento de despesa será um pouco menor, e ficará em R$ 3 milhões, estima o governo municipal.

FINANCEIRO

A prefeitura tem 12.898 usuários assistidos pelo plano. Destes, cerca de 3 mil são servidores ativos e outros 6 mil dependentes, além de dois servidores inativos e mil dependentes destes.

O valor descontado dos servidores soma R$ 8,9 milhões por ano. Já a contrapartida da prefeitura era de R$ 20,1 milhões por ano, chegando ao valor total pago à operadora no contrato que está acabando, R$ 29 milhões anuais.

A estimativa feita pelo governo é de que seria possível manter o modelo atual se a proposta chegasse ao per capita de até R$ 221,00, o que elevaria o valor anual do contrato para R$ 34,2 milhões. Como o valor descontado dos servidores continuará o mesmo, o aporte que a prefeitura faz por ano subiria para R$ 25,3 milhões. Como o per capita ficou em R$ 215,00, a estimativa é de que o custo anual fique em pouco mais de R$ 23 milhões, portanto cerca de R$ 3 milhões acima do atual.

Fonte: https://m.jcnet.com.br/Politica/2019/05/prefeitura-de-bauru-anuncia-renovacao-do-plano-de-saude-dos-servidores-sem-mudancas.html?utm_source=Whatsapp&utm_medium=referral&utm_campaign=Share-Whatsapp

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here