PREFEITURA DE PEDERNEIRAS SE REÚNE COM POLÍCIA MILITAR PARA AUMENTAR AS AÇÕES DE PATRULHAMENTO

0
293

Escola e creche do bairro Maria Elena estão fechadas temporariamente devido aos novos furtos no local; bomba de água furtada deixa famílias sem água potável

Na manhã desta terça-feira (19), a Prefeita Ivana e o vice-prefeito Joãozinho da Farmácia se reuniram com policiais da Polícia Militar de Pederneiras para discutir ações para intensificar a segurança no município, através do serviço de Atividade Delegada.

A partir desta quarta-feira (20) o número de policiais subirá de 8 para 12, com mais 2 dias de atividade no município, para patrulhamento de prédios públicos, a fim de evitar os furtos recorrentes, e aumento da segurança nas ruas. Todo o custeio do programa fica a cargo do município.

Escola e creche do bairro Maria Elena estão fechadas temporariamente devido aos novos furtos no local
A Secretaria Municipal de Educação, da Prefeitura de Pederneiras, informa que a Escola “Professora Luzia Afonso Dias de Marco” e a Creche “Delfina Trazzi Bertolini” permanecem fechadas devido aos novos furtos realizados na madrugada da última quinta-feira (14). Toda a fiação dos prédios foi furtada, o que impossibilita a permanência de alunos nos locais. A fiação já está sendo providenciada, mas ainda não há previsão de reabertura.

A escola é alvo constante de furtos. Como prevenção, há um vigia noturno que permanece no local de segunda a domingo, além de alarmes instalados. Porém, na madrugada do ocorrido, houve a folga do vigia, momento oportuno para o ato criminoso.

Sabendo da folga do vigia, a Defesa Civil municipal solicitou à Polícia Civil um patrulhamento mais rigoroso nas imediações do local, mas isso não evitou a ação dos criminosos. A empresa de alarme já foi acionada para intensificar o monitoramento.

Outra tentativa de furto já havia ocorrido na semana anterior. Não houve furto pois os criminosos fugiram depois que o alarme acionou, mas três portas foram arrombadas causando mais prejuízos aos cofres públicos.

“Estamos indignados. Somente nesta escola e nesta creche são mais de 250 crianças que deixam de serem atendidas, sem aulas, sem merenda escolar, sem convívio social com outras crianças. Para repor a fiação e portas, usamos o dinheiro que seria investido em outros benefícios a esses alunos. Com a falta de energia, o freezer e a geladeira deixaram de funcionar, perdendo os alimentos que ali estavam armazenados para servir aos alunos. O tempo destinado a recuperação do patrimônio prejudica todos os alunos e pais que necessitam das atividades da creche” lamenta a secretária municipal de educação, a Professa Claudia Melozi Gregolin.

Furto de bomba de água
Além do furto na escola, há um mês, toda a fiação do prédio localizado no Assentamento Gleba II foi furtada. E na madrugada da quarta-feira (13), a bomba de captação de água do poço do assentamento também foi furtada.
Para manter as atividades do prédio, que é utilizado para atendimento em saúde para cerca de 700 famílias, está levando água potável em caminhões-pipa. A previsão é de que a bomba seja instalada até o final deste mês.
Além disso, para dificultar o acesso e evitar novos furtos, está sendo construída uma estrutura de concreto.

FONTE: https://www.pederneiras.sp.gov.br/portal/noticias/0/3/5674/prefeitura-de-pederneiras-se-reune-com-policia-militar-para-aumentar-as-acoes-de-patrulhamento

Deixe uma resposta