Os bons ventos já sopram em 2018

0
890
Patricia Rossi

Apesar de tantas notícias ruins e um extenso período de retração na economia, o empresariado bauruense tem motivos de sobra para comemorar! O ano começou repleto de boas expectativas para o setor varejista e os comerciantes já podem começar a festejar a retomada do crescimento.
Pesquisa realizada pela Fecomércio-SP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo) em parceria com a Ebit mostra que as vendas do comércio eletrônico na região de Bauru registraram aumento de 28,7%, considerado o melhor desempenho entre as 16 cidades analisadas.
Além disso, o faturamento real do comércio eletrônico em nossa região (já descontada a inflação) atingiu R$ 113,9 milhões no terceiro trimestre de 2017, alta de 29,6% em relação ao mesmo período do ano passado.
Os dados são relativos a janeiro deste ano, comprovando que a recuperação do varejo vem se consolidando, e apontando para uma tendência de crescimento mais expressivo das vendas em 2018. Um dos fatores que tem impulsionado essa recuperação do comércio, sem dúvida, é a criatividade do empresário bauruense e da região, que vem se adaptando às novas tecnologias e aos tempos de crise, e assim encontrando maneiras de inovar e atrair os consumidores para as compras.
Não podemos esquecer ainda que houve o controle da inflação e uma melhora do ambiente econômico, o que levou à recomposição do poder aquisitivo das famílias. Esse fator possibilitou que um contingente importante de consumidores pudesse pagar suas dívidas e ainda abriu espaço para uma elevação futura das compras.
Também tem papel fundamental nessa melhora as ações implementadas pela ACIB (Associação Comercial e Industrial de Bauru), que vem fazendo a sua parte, auxiliando os empreendedores através de cursos, ações de estudos e palestras.
No ano passado, por exemplo, a diretoria da entidade esteve empenhada em promover excelentes eventos com profissionais gabaritados durante todo o ano, favorecendo dessa forma a capacitação dos comerciantes e de seus colaboradores.
Agora, ao que tudo indica, a hora é de dar o gás necessário para a sobrevivência de nossos negócios e transformar a crise em alavanca para o fortalecimento do mercado, a geração de emprego e renda, e a ampliação nas vendas. Com cada um fazendo a sua parte, temos tudo para nos sentirmos otimistas em relação ao futuro.

Patricia Rossi é empresária do ramo de Comunicação, formada em marketing e comunicação estratégica e atual Presidente da ACIB (Associação Comercial e Industrial de Bauru

Deixe uma resposta