Obras encontra ‘saída’ para acesso obstruído

0
781
A pasta dará início à construção de um sistema de galerias, cujo valor total deverá girar em torno de R$ 100 mil, nas Chácaras Bauruenses

Desde as chuvas de janeiro, o acesso às Chácaras Bauruenses está impedido porque uma erosão fez com que a ponte cedesse. Agora, para resolver o problema, a Secretaria Municipal de Obras dará início à construção de um sistema de galerias, cujo valor total deverá girar em torno de R$ 100 mil.

A saída encontrada pela pasta garantirá economia significativa aos cofres públicos. Quando o problema surgiu, um primeiro projeto foi apresentado à Defesa Civil do Estado. Ele era cotado em R$ 1,6 milhão.

Conforme o JC noticiou, no dia 19 de janeiro, o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) declarou situação de emergência decorrente dos problemas provocados pela chuvarada. Desde então, a Obras aguardava recursos da Defesa Civil do Estado de São Paulo para recuperar o acesso às Chácaras Bauruenses. Não deu para esperar mais.

Titular da pasta, Ricardo Zanini Olivatto explica que encontrou uma alternativa para o local. O município possui um estoque de dez galerias de concreto pré-moldadas, justamente, o suficiente para a resolução do problema, já que a estrutura dá espaço à passagem da água e impede a erosão do solo.

Depois de instaladas e aterradas, as galerias tomarão o lugar da ponte, que se tornará desnecessária. Agora, Olivatto aguarda que a Defesa Civil libere as obras de recuperação do trecho. Com a nova ideia, de reaproveitar as galerias já prontas, a Obras só gastará com a locação de equipamentos – se necessário – e a compra da matéria-prima, que é o concreto.

Deixe uma resposta