Número de novos títulos eleitorais por adolescentes cai 82% em uma década

0
196
Número de adolescentes com título de eleitor em fevereiro é o menor já registrado Foto: Divulgação / TSE

TSE não vê desinteresse do jovem na política, mas aponta reflexos da pandemia de Covid-19 e mudança na pirâmide etária brasileira

Em uma década, o número de adolescentes de 16 e 17 anos que solicitaram o primeiro título de eleitor caiu 82%, segundo um levantamento da CNN com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em 2012, 2.603.094 pessoas dessa faixa etária pediram o documento, enquanto neste ano, até 21 de março, foram 466.227.

Neste 2022 de eleição presidencial, 96.325 meninas de 16 anos e 160.663 de 17 anos, além de 69.002 de meninos de 16 anos e 140.237 de 17 anos se registraram e podem exercer o primeiro voto.

Para o analista de enfrentamento à desinformação do TSE, Diogo Cruvinel, a queda é motivada por mudanças na composição de idade da população brasileira.

Deixe uma resposta