Mulheres despontam no sertanejo

0
2281

Não é de hoje que as mulheres se destacam na música sertaneja, uma das responsáveis por garantir a inclusão nos anos 50 foram as Irmãs Galvão, conhecidas pela canção “Beijinho Doce” e Inezita Barroso com “Marvada Pinga”. Décadas depois Nalva Aguiar com o sucesso “Dia de Formatura”, já nos anos 80, foi a vez da paraibana Roberta Miranda, a Rainha do Sertanejo com os trabalhos “Majestade o Sabiá”, “Vá com Deus” entre outros.

Na década de 90, Jayne era sucesso nas rádios, programas de tv, rodeios pelo país e no 3º Prêmio da Música Brasileira foi eleita Revelação Feminina. Na segunda metade dos anos 2000, um novo fenômeno da música sertaneja surgiu, Paula Fernandes. A artista teve músicas em destaque em novelas na Rede Globo. Ave Maria (América, 2005), Jeito de Mato (Paraíso, 2009), Escrito nas Estrelas (Quando a Chuva Passar, 2010), Tocando em Frente (Araguaia, 2011), Não Precisa (Morde e Assopra, 2011), Um Ser Amor (Amor a Vida, 2013). A cantora também emplacou outros sucessos e recebeu prêmios e indicações ao redor mundo.

Duplas
Muito antes de Maria Cecília e Rodolfo, outros casais fizeram sucesso na música, como: Cascatinha e Inhana e Duo Glacial. Mas não é preciso ser casado para fazer história. Exemplo disso é Thaeme e Thiago. Todas essas duplas colecionaram sucessos e fãs ao longo dos anos.

Nas paradas de sucesso

Depois de muito trabalho, as mulheres estão conseguindo conquistar ainda mais seu espaço na música sertaneja. Você certamente já ouviu algumas músicas destas cantoras que estão em evidência: Maiara e Maraisa “10%”, Simone e Simaria “Meu violão e o nosso cachorro”, Marília Mendonça “Infiel”, Paula Mattos “Rosa Amarela”, Naiara Azevedo “50 reais” e Bruna Viola “Você não sabe”.

E ao que tudo indica as mulheres devem continuar fazendo muito sucesso e você pode ouvir todas essas estrelas na maior rádio sertaneja do Brasil, Top Fm 101,3.

 

Por Junior Domingues
Jornalista, locutor e apresentador

Deixe uma resposta