Ives Gandra: ‘A discriminação imposta pela lei e pelas autoridades’

0
998

O jurista Ives Gandra da Silva Martins, professor emérito da Universidade Mackenzie e da Escola de Comando e Estado Maior do Exército (Eceme) e presidente do Conselho de Estudos Jurídicos da Federação do Comércio do Estado de São Paulo, traduziu com rara felicidade a tirania do politicamente correto que vivemos no Brasil.

O artigo, publicado pelo jornal cearense O Povo em sua página na internet, questiona a “discriminação” sofrida pelos cidadãos que não fazem parte das minorias favorecidas com inúmeros benefícios nos últimos anos. Embora publicado em 2013, o artigo continua atual e por isso decidi reproduzi-lo no blog. Porém, como o título dado pelo jornal cearense, reproduzido inicialmente aqui e nas redes sociais, não espelhava fielmente as ideias expressas pelo jurista, foi trocado pelo original, dado por ele mesmo quando o escreveu.

“Como modesto professor, advogado, cidadão comum e além disso branco, sinto-me discriminado e cada vez com menos espaço nesta sociedade”, afirma Gandra Martins.

Deixe uma resposta