Iron promete maior show da história

0
504

Símbolo do Rock in Rio, Iron Maiden fará penúltimo show do Palco Mundo nesta sexta-feira, 4. O show dos ingleses é o mais aguardado pelos fãs nesta edição do festival

Com uma legião de fãs no Brasil, o Iron Maiden é um dos símbolos do Rock in Rio. Das três vezes que se apresentou no evento, duas aconteceram nas históricas edições de 1985 e 2001, esta última originou o disco duplo ao vivo Rock in Rio, dirigido pelo baixista Steve Harris, quando o grupo se apresentou para 250 mil pessoas.

Desta vez, a banda retorna ao país com a turnê Legacy of the Beast, inspirada em um jogo para dispositivos móveis de mesmo nome lançado em 2016. De acordo com o vocalista Bruce Dickinson, o público do festival pode esperar o “maior show” da história do grupo – o que de fato deve acontecer, já que segundo uma enquete, o show dos ingleses é o mais aguardado pelos fãs nesta edição do festival.

A trajetória do Iron Maiden se confunde com a história do heavy metal. Surgido no final dos anos 70, o grupo ainda flertava com a cena punk que reinava na Inglaterra na época que ainda tinha Paul Di’Anno nos vocais. Foi justamente com entrada de Dickinson, em The Number of the Beast, de 1982, que a banda fincou os pés no metal e ganhou maior reconhecimento com música do porte de Run to the Hills e a própria faixa-título. O álbum marcou o início de uma era próspera, e foi sucedido por outros trabalhos clássicos: Piece of Mind, Powerslave e Somewhere in Time.

Já nos anos 90, Fear of the Dark, de 1992, marcou o fim da relação com o Bruce, que deixou o grupo para seguir carreira solo. Contudo, o vocalista retornou ao conjunto sete anos mais tarde, para o lançamento de Brave New World, que culminou com a apresentação da banda no Rock in Rio III. Desde então, a banda já lançou outros quatro álbuns e empilhou passagens pelo Brasil.

A banda vai se apresentar no Palco Mundo do festival nesta sexta-feira, 4, a partir de 21h30, com transmissão dos canais Multishow e Bis. No mesmo dia, farão shows também Scorpions, Helloween e Sepultura.

Atrações

A Cidade do Rock tem aproveitado os dias de descanso para retomar a maratona de apresentações com força total. Entrando em sua segunda metade, o Rock in Rio promete para o público mais quatro dias de diversão para todos os gostos. Escalados para essa semana, estão os já veteranos do Red Hot Chilli Peppers, o metal pesado do Iron Maiden, todo o pop de Pink e o rock dos britânicos do Muse.

Eles devem esquentar a festa após um primeiro fim de semana cheio de sucessos – e algumas polêmicas. A sexta chuvosa começou com Mano Brown dando show de soul e rap no Sunset. Depois teve Drake, um dos artistas mais esperados desta edição, vetando a transmissão do show para a TV de última hora. Também passaram pelo Palco Mundo Ellie Goulding, Bebe Rehxa e Alok, que fizeram o público dançar ao som do pop.

Sábado foi dia do metal romântico de Whitesnake no Sunset, do rock animado do Weezer e da apresentação cheia de energia do Foo Fighters – também muito esperados pelos fãs -, no Palco Mundo. Já no domingo rolou o encontro de Iza e Alcione e depois a apresentação ‘olho no olho’ da britânica Jessie J, ambas no Sunset. No palco principal, foi a vez da Ivete trazer o axé de Salvador para a Cidade do Rock e do Bon Jovi tocar os grandes hits que marcaram a sua carreira ao longo dos últimos trinta anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here