Hospital Amaral Carvalho atinge três mil transplantes de medula

0
2159

O Serviço de Transplante de Medula Óssea (TMO) do Hospital Amaral Carvalho (HAC) de Jaú (47 quilômetros de Bauru) completou ontem 3 mil procedimentos realizados desde sua implantação, em 1996. O mais novo transplantado é um homem de 39 anos e o tipo de procedimento foi o alogênico, com a presença de um doador da própria família.

Segundo a assessoria de imprensa, o HAC é o centro o que mais realiza transplantes de medula óssea no Brasil e os resultados são comparáveis àqueles observados nos registros internacionais, tanto do ponto de vista de sobrevida quanto de qualidade.

Dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) revelam que, no ano passado, foram realizados, nos cerca de 90 centros médicos especializados do País, 2.794 transplantes, sendo 1.442 só no Estado. Somente no Amaral Carvalho, foram 236 procedimentos. Com relação aos transplantes alogênicos, o HAC realizou 138.

“Chegar aos 3 mil transplantes é uma marca muito importante. Há mais de sete anos, somos o centro que mais produz no Brasil”, diz o coordenador do serviço de TMO do HAC e presidente da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO), Vergilio Antonio Rensi Colturato.

“Realizamos, em média, 240 procedimentos por ano, dos quais 140 são alogênicos – que são os mais complexos. Pelo menos a metade desses conta com doadores alternativos, ou seja, voluntários não aparentados ou doadores familiares 50% compatíveis, por exemplo, pai doando para filho ou vice-versa, ou irmão com meia compatibilidade doando para irmão”.

O HAC ressalta que oferece retaguarda social aos transplantados por meio de medicamentos e casas de apoio para os que são de fora da cidade e, muitas vezes, ficam mais de 100 dias em Jaú na fase inicial do transplante.

Fonte: https://www.jcnet.com.br/Regional/2018/03/hospital-amaral-carvalho-atinge-tres-mil-transplantes-de-medula.html

Deixe uma resposta