HC de Botucatu é 3º em atendimento

0
326
Segundo TCE, 13.986 pacientes ficaram internados no HC entre janeiro e junho do ano passado / Foto: HC/Divulgação

Hospital ocupa terceiro lugar em ranking do TCE com 1,9 milhão de procedimentos realizados no primeiro semestre de 2019

O Hospital das Clínicas (HC) de Botucatu (100 quilômetros de Bauru) ocupa o terceiro lugar em um ranking divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) nesta quinta-feira (16) que leva em conta a quantidade de procedimentos realizados em 193 hospitais públicos paulistas – estaduais e municipais – no primeiro semestre de 2019.

Segundo o levantamento, que está disponível no Painel da Saúde – ferramenta desenvolvida pela Corte para mostrar um panorama da assistência hospitalar pública prestada aos cidadãos, nos seis primeiros meses do ano passado, o HC totalizou 1,9 milhão de procedimentos, entre consultas, tratamentos, cirurgias, exames e atendimentos ambulatoriais.

O hospital universitário de Botucatu só ficou atrás do Hospital das Clínicas (HC) da FMUSP, na Capital, que lidera o ranking com 4,3 milhões de atendimentos, o que representa 7,5% do total do Estado, e do Hospital das Clínicas (HC) da Unicamp, em Campinas, que ficou na segunda colocação no Estado com pouco mais de 2 milhões de procedimentos.

O HC de Botucatu também está entre os hospitais públicos com o maior número de internações no primeiro semestre de 2019, ocupando o quarto lugar no Estado. De acordo com o TCE, 13.986 pacientes ficaram internados na unidade neste período. Com 481 leitos, o HC também está entre os seis hospitais com o maior número de vagas no Estado.

O superintendente do HC de Botucatu, André Luís Balbi, ressalta que o hospital busca sempre aprimorar seus princípios e valores. “A cada atendimento, o hospital prioriza o foco no paciente, o respeito pela sua dignidade e a promoção das boas práticas profissionais. Todas essas ações são realizadas para a melhoria contínua da qualidade do nosso atendimento”, diz.

NO ESTADO

Em todo o Estado de São Paulo, segundo o TCE, mais de 57 milhões de procedimentos – entre consultas, tratamentos, cirurgias, exames e atendimentos ambulatoriais – foram realizados nos 193 hospitais públicos, estaduais e municipais, no primeiro semestre de 2019. A amostra representa 31.115 leitos existentes e uma rede de atendimento que conta com um corpo de 28.179 médicos cadastrados no sistema.

O levantamento foi extraído a partir das bases de dados e informações colhidas junto ao Ministério da Saúde e às pastas estaduais da Saúde e Fazenda e abrange 193 hospitais administrados diretamente pelo Estado e/ou municípios. Não estão incluídos no Painel da Saúde os hospitais de entidades sem fins lucrativos ou filantrópicas, como as santas casas.

Do total, 102 hospitais (52,85%) estão sob gestão municipal e 91 sob a responsabilidade do Estado (47,15%). Destes, 59 são considerados de pequeno porte (até 50 leitos); 68 de nível médio (51 a 150 leitos); 63 de nível grande (de 151 a 500 leitos) e 3 de porte especial (acima de 500 leitos). 53 unidades ficam na Capital e 140 em 95 cidades. A interface com todos os dados e informações do Estado pode ser acessada pela internet por meio do link http://www.tce.sp.gov.br/paineldasaude

Raio-X do HC

O Hospital das Clínicas (HC) de Botucatu é considerado de porte grande. Segundo o Painel da Saúde, ele possui 1.708 médicos cadastrados, 161 leitos cirúrgicos, 149 leitos clínicos, 31 leitos obstétricos, 63 leitos pediátricos, 74 leitos complementares e três leitos de outras especialidades, além de um Hospital-Dia, com 19 leitos. A unidade conta com tomógrafos computadorizados, ressonância magnética, ultrassom doppler colorido e ultrassom ecógrafo. A média de permanência nos leitos de internação do hospital no primeiro semestre de 2019 foi de 5,1 dias.

Fonte: https://www.jcnet.com.br/noticias/regional/2020/01/710889-hc-de-botucatu-e-3—em-atendimento.html#.XiIQnehwNHA.whatsapp

Deixe uma resposta