Etiqueta para menores

0
495

ensinar regras de comportamento enquanto criança faz toda diferença nas reuniões sociais, festas e restaurantes. Quem faz isso?

 

As cenas são comuns. No restaurante, a criança come de boca aberta, faz barulho ao mastigar, derruba a comida na mesa. Na festinha do amigo, corre entre as mesas dos adultos e faz escândalo porque quer abrir o presente do aniversariante. Basta uma rápida incursão no mundo infantil para perceber que grande parte das crianças não conhece regras básicas de etiqueta. Para socorrer as famílias, o interessante são os mini cursos de boas maneiras para menores.
Atualmente este tema está levando pais, avós e padrinhos a se interessarem em presentear os pequenos com estas aulas que darão a eles o sossego de uma ida ao restaurante!
Um dos pontos interessantes inclui a educação das crianças à mesa, onde elas aprendem que não devem utilizar a taça antes de limpar a boca com o guardanapo e que não é tão feio assim deixar comida no prato. Uma simples frase como “O que não gostamos pode ficar no cantinho”, faz uma grande diferença! Mas a maior dúvida delas é como lidar com os talheres, onde isso tem que ser desmistificado de forma bem lúdica!
Outras orientações também sobre como se comportar em aniversários, como informá-los que não é educado pegar muitos doces e salgados ao mesmo tempo ou pedir um pedaço do bolo antes de cantar o parabéns. E quando o assunto é o uso de ambientes comuns, a dica é de como utilizar os locais sem incomodar os outros.
À primeira vista, parece simples, mas é inacreditável a forma como vemos no dia a dia a importância desse título.
A maioria dos adultos aprendeu noções básicas de etiqueta em casa, apesar de que falta relembrar em vários momentos alguns “toques” de etiqueta, mas a falta de tempo e, em muitos casos, de disposição dos pais atualmente resultou essa demanda.
O que não deve ser feito é o repasse da responsabilidade, numa espécie de terceirização da educação. Os pais ou responsáveis precisam lembrar que os bons exemplos devem vir de casa, caso contrário, não há mudança de comportamento.
Outra tendência, que está retornando com a repaginação do “vintage” são as aulas de etiqueta para as meninas debutantes! Sabemos que é uma fase de transição, e como é! Muita vergonha, timidez, internet e hormônios a mil! Mas às vezes com a falta de tempo, esquecemos de orienta-las com “gotas” de boas maneiras. Um simples gesto ou como se sentar à mesa!!
E aí? Vamos dar um jeito nesta garotada?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here