Eclipse lunar acontece nessa sexta feira (27) e poderá ser visto em Bauru

0
1049

O mais longo eclipse lunar do século XXI acontece na sexta-feira, dia 26 de julho, e poderá ser visto em todo o Brasil.

O evento astronômico foi visível no Brasil em 2015, e esse anos, todos poderão acompanhar o eclipse total da lua que durará por 1h e 43 minutos. Ainda assim, apenas a metade final do eclipse poderá ser vista pelos brasileiros.

Conversamos com o meteorologista do IPMet (Instituto de Pesquisas Meteorológicas) da Unesp – Bauru, Fernando de Almeida Tavares, que explicou um pouco mais para gente o que é esse fenômeno que poderá ser visto também pelos bauruenses.

Eclipse lunar X Eclipse solar

Para acabar com as dúvidas, o meteorologista Fernando Tavares explica que o eclipse solar é quando Sol, Lua e Terra ficam alinhados, e a Lua projeta sua sombra sobre a Terra; já o eclipse lunar, que acontecerá nessa sexta, é quando Sol, Terra e Lua ficam alinhados e a Terra projeta sua sombra sobre a Lua.

Os eclipses lunares acontecem em três fases principais: penumbral, parcial e total. A fase penumbral ocorre primeiro, que é quase imperceptível ao olho nu.

Quando a Lua começa a penetrar na região mais central da sombra terrestre, inicia-se a fase parcial. Durante essa fase, é possível acompanhar a sombra terrestre lentamente preenchendo o disco lunar.

Durante o eclipse total, a Lua adquire uma coloração avermelhada, provocada pela refração da luz solar pela atmosfera terrestre.

Os eclipses lunares não causam efeito sobre o tempo, contudo, o meteorologista confirma que os eclipses solares podem sim provocar algumas mudanças climáticas. “O eclipse solar pode provocar uma queda na temperatura, também faz o pássaros dormirem, é bem interessante, tive a oportunidade de ver um em 1994 em Santa Catarina”.

Fernando ainda salienta que essa não é primeira vez que um eclipse acontece e fica visível no Brasil. “Normalmente, temos dois eclipses lunares e dois eclipses solares por ano”.

A estimativa é que o próximo eclipse aconteça em 21 de janeiro de 2019.

Como ver o eclipse?

Os melhores locais para acompanhar o eclipse do começo ao fim serão na África, Oriente Médio e Índia. Mas não fique triste, em Bauru também será possível ver uma parte desse evento astronômico!

Fernando Tavares confirma que eclipses podem ser observados a olho nu, sem precisar de qualquer ajuda de instrumentos, contudo, para quem quer ver o evento de mais perto, pode usar binóculos ou lunetas.

Em Bauru, a Lua da sexta-feira irá nascer às 17h51, durante o eclipse total. Então marca esse horário na agenda para não perder o acontecimento!

Fonte: https://www.socialbauru.com.br/2018/07/26/eclipse-lunar-bauru/

Deixe uma resposta