Dias antes de massacre em Suzano atirador e suspeito fizeram aula de tiros

0
753

Por JCNet

São Paulo – Cinco dias antes do massacre na escola estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, o atirador Guilherme Taucci e o adolescente apreendido como terceiro suspeito de planejar o crime, foram até um estande de tiros e treinaram disparos com armas airsoft e arco e flechas.

Um vídeo mostra os dois recebendo instruções de um funcionário na loja Clube da Mira, no Shopping Tatuapé, na zona leste da capital paulista. O jovem suspeito segura o casaco de Guilherme Taucci, enquanto ele examina um arco e flecha.

Taucci se matou no último dia 13 após assassinar seu tio, cinco estudantes e duas funcionárias da escola, além de seu cúmplice na execução do massacre, Luiz Henrique de Castro, 25. Os dois também feriram outras 11 pessoas durante o ataque a tiros.

No vídeo, depois de receber orientações, Taucci e o adolescente alugam equipamentos de arco e flecha e armas airsoft – que imitam as de verdade, mas disparam balas de plástico e têm a ponta laranja. Eles treinaram por mais de uma hora, no dia 8 de março.

Os dois usavam camisetas da banda de heavy metal Slipknot, cujo integrantes se apresentam com máscaras.

Quando pediu a apreensão do jovem suspeito, na terça (19), a polícia havia descoberto que os adolescentes treinaram tiros juntos e estavam em busca de imagens para corroborar a informação.

O delegado titular da delegacia de Suzano, Alexandre Henrique Augusto Dias, diz considerar o adolescente apreendido o autor intelectual do ataque à escola, ao lado de Taucci, embora ainda não se saiba o que teria provocado a saída dele da efetivação do ataque.

O jovem apreendido também é ex-aluno da Raul Brasil e seria melhor amigo de Taucci. Os dois estudaram na mesma classe. Ele cumprirá internação provisória por 45 dias numa unidade da Fundação Casa.

Fonte: https://www.jcnet.com.br/Nacional/2019/03/dias-antes-de-massacre-em-suzano-atirador-e-suspeito-fizeram-aulatreino-de-tiros.html

Deixe uma resposta