Deborah Franciscato – Referência em confeitaria

0
1951

Quem conhece se apaixona pelos macarrons, bolos e outras maravilhas do L’Atelier Sucré Pâtisserie, sucesso em Bauru e toda região. Formada em nutricão e gastronomia, a confeiteira e idealizadora
Deborah conta um pouco de sua história.

Revista Atenção: Gastronomia foi sua primeira opção?
Deborah: Não, sou formada em nutrição e no final do curso comecei a faculdade de gastronomia.

Revista Atenção: E por que decidiu estudar gastronomia?
Deborah: Comecei a faculdade apenas com a intenção de complementar o meu conhecimento e currículo para a nutrição, mas assim que entrei me apaixonei pelo curso e me descobri na confeitaria!

Revista Atenção: Em que momento você se interessou em fazer bolos e produtos de confeitaria clássica?
Deborah: Durante o curso de gastronomia já comecei a me arriscar na cozinha e fazer cupcakes para amigos, depois de um tempo através do facebook, o que era uma brincadeira se tornou um negócio, e até hoje a minha relação com os clientes acontece via redes sociais. O bolo veio só depois de um tempo, quando vimos a necessidade de oferecer produto de alta qualidade para a região, então resolvi me especializar na área e me apaixonei também! Sou apaixonada por tudo que tem relação a confeitaria.
Revista Atenção: Você estudou fora do Brasil, certo?
Deborah: Sim, depois de me formar em nutrição e gastronomia na USC (Bauru) e ver que o que eu realmente gostava de fazer era cozinhar, decidi ir para Paris estudar no Le Cordon Bleu onde conquistei o Grand Diplôme (inclui formação em cozinha clássica francesa e confeitaria clássica francesa). Comecei a trabalhar e vi a necessidade de me aperfeiçoar na área artística de bolos, foi quando fui para Londres estudar na Peggy Porschen Academy.

Revista Atenção: Você considera que hoje, faz o que ama?
Deborah: Com certeza, sou apaixonada pela confeitaria, seja clássica ou artística!

Revista Atenção: Quais os tipos de produtos você produz?
Deborah: Trabalhamos com bolos decorados personalizados (casamentos e artísticos), produtos da confeitaria clássica francesa como macarons, mini éclairs, madeleines, tarteletes e claro, os cupcakes que marcaram o início do atelier.

13963011_502262236650870_5883363640758925589_o14469632_517020448508382_2939027746620238578_n

 

 

 

 

 

 

 

Revista Atenção: Digo produz, porque é uma ilustre produção, certo?
Deborah: Sim, a produção exige muitos detalhes (e nós amamos), então pesquisamos a fundo cada tema, cores a serem utilizadas, qual o sonho do cliente, o que ele espera… não é simples como parece!

Revista Atenção: São doces e bolos são para se comer com os olhos de tão lindos. Eles ajudam na decoração da festa também?
Débora: Com certeza, a mesa de doces em si já chama a atenção de todos os convidados… e, claro, no centro da mesa está o ator principal, o bolo! Os doces e bolo precisam estar sempre em harmonia com a decoração. Nada adianta uma mesa maravilhosa de flores se o que estiver ao redor não for tão bonito quanto! Em decorrência desses detalhes, fazemos um atendimento exclusivo e personalizado para cada cliente.

Revista Atenção: Quais são suas referências nesse segmento?
Deborah: Se tem algo que gosto muito de fazer é pesquisar! Pesquiso nomes, técnicas, faço muitos cursos, e visito feiras em busca de estar sempre atualizada e trazendo novidades para a região! Nomes que admiro demais: Isabella Suplicy e Peggy Porschen.

Revista Atenção: Você tem alguma inspiração?
Deborah: Peggy Porschen, com certeza!

Revista Atenção: Em Bauru, você é referência. Mas atende outras cidades também?
Deborah: Fico muito feliz de saber que somos referência em Bauru! Muito bom fazer o que ama e ser reconhecido! Sim, atendemos Bauru e toda região.

Revista Atenção: Quais os tipos de clientes que você atende?
Deborah: Atendemos a todos, desde que o mesmo tenha um sonho e possamos realizá-lo.

Revista Atenção: Os clientes são exigentes?
Deborah: Bastante, mas a equipe do L’Atelier Sucré também… então falamos a mesma língua! Buscamos sempre a perfeição em cada detalhe, seja na cor do macaron combinando com o tema, seja na renda que vai decorar o bolo de casamento. A exigência faz com que busquemos nos superar sempre!

Revista Atenção: Em sua opinião, o que constrói um bom cozinheiro/confeiteiro?
Deborah: Amor, dedicação e muita força de vontade! Não desistir nunca!

 

Quem quiser conhecer mais pode conferir
a página do face: lateliersucrepatisserie,
ou pelo telefone 3226-1363.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here