Cidades da região de Jaú recebem doses de soro antiescorpiônico após decisão judicial

0
806

Em cumprimendo a uma decisão judicial, as cidades de Barra Bonita e Igaraçu do Tietê (SP) receberam seis ampolas de soro antiescorpiônico cada uma.

O lote foi enviado pela Secretaria Estadual de Saúde e vai ficar no Hospital e Maternidade São José, em Barra Bonita. A ação movida pelo Ministério Público foi feita depois que três crianças morreram na região pela falta do soro.

O último caso foi registrado em Ourinhos no final de outubro. Giovana Guedes Martins, de 4 anos, foi picada por um escorpião ao vestir a blusa de frio para ir à escola. Ela foi medicada e levada para observação na sala de emergência. Mas seu estado de saúde piorou e ela não resistiu a paradas respiratórias.

Giovana Guedes Martins, de 4 anos, teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu — Foto: Arquivo PessoalGiovana Guedes Martins, de 4 anos, teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu — Foto: Arquivo Pessoal

Giovana Guedes Martins, de 4 anos, teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu — Foto: Arquivo Pessoal

Em Cabrália Paulista, a menina Yasmin Lemos Campos, de 4 anos, morreu após ser picada por um escorpião no quintal da casa onde morava, em julho deste ano. A menina passou por três cidades e, em duas delas, não havia soro antiescorpiônico.

Menina de 4 anos foi picada por escorpião em Cabrália Paulista — Foto: Reprodução/TV TEMMenina de 4 anos foi picada por escorpião em Cabrália Paulista — Foto: Reprodução/TV TEM

Menina de 4 anos foi picada por escorpião em Cabrália Paulista — Foto: Reprodução/TV TEM

Em Jaú, o garoto tomou o soro, mas não resistiu e morreu cerca de três horas depois de ter sofrido a picada.

Garoto de 6 anos morre após ser picado por escorpião em Barra Bonita, Brian Gabriel Alves — Foto: Facebook/ReproduçãoGaroto de 6 anos morre após ser picado por escorpião em Barra Bonita, Brian Gabriel Alves — Foto: Facebook/Reprodução

Garoto de 6 anos morre após ser picado por escorpião em Barra Bonita, Brian Gabriel Alves — Foto: Facebook/Reprodução

O pedido do MPF para que todas as 11 cidades contem com um estoque mínimo de soro visa garantir o atendimento emergencial em episódios graves de picadas de escorpião, geralmente envolvendo idosos e crianças, nos quais a administração do antídoto é muitas vezes a única maneira de salvar a vítima.

Nesses casos, é recomendada a aplicação de seis ampolas do antiveneno em curto espaço de tempo. A decisão também determina a preservação das 12 unidades do antídoto mantidas atualmente na Santa Casa de Misericórdia de Jaú, bem como a reposição imediata das doses utilizadas, sob pena de multa de R$ 15 mil em caso de descumprimento.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2018/11/18/cidades-da-regiao-de-jau-recebem-doses-de-soro-antiescorpionico-apos-decisao-judicial-do-mp.ghtml

Deixe uma resposta