Casos de miopia em crianças aumentam com uso de celulares

0
560

Cada vez mais cedo as crianças estão mexendo em celular e tablet. É um recurso que muitas vezes os pais usam até para acalmar os filhos, mas é preciso ter limites.

A OMS, Organização Mundial da Saúde, divulgou um novo guia de saúde e uma das recomendações é que as crianças entre 2 e 5 anos de idade passem no máximo uma hora por dia diante das telas, isso inclui celular, tablete, celular e TV.

Um dos motivos dessa recomendação da OMS é que estão aumentando os casos de miopia entre as crias e tem tudo a ver com o uso excessivo das telas.

O oftalmologista Emerson Castro explica que o desconforto causado por ficar várias horas olhando para as telas acontece porque os pixels piscam e a cada micropiscada a pupila fecha, causando uma fadiga, um cansaço visual.

A médica Milena Chibana diz que é preciso que as crianças e adultos devem fazer pausas a cada 40 minutos e olhar para o horizonte, treinando os olhos para olhar para longe.

Como convencer as crianças a deixar o celular de lado?

Uma das maneiras de chamar as crianças para atividades diferentes é estimulá-las a fazer exercícios ao ar livre.

Permanecer muitas horas em ambientes fechados é prejudicial não somente pela falta de estímulo à visão de longe, mas também pela ausência de luz solar que auxilia a produção de dopamina, hormônio que ajuda a controlar o crescimento do olho.

Atendimento oftalmológico gratuito

O SUS, Sistema Único de Saúde, oferece atendimento oftalmológico gratuito. Se for preciso usar óculos, o paciente sai da consulta com a receite, mas o Ministério da Saúde não fornece óculos de graça. Caso a pessoa não tenha condições de comprar, ela precisa procurar algum serviço oferecido na cidade ou estado em que vive para tentar conseguir os óculos gratuitamente.

Deixe uma resposta