Bauru é classificada na categoria B do Mapa do Turismo Brasileiro

0
1912

O Ministério do Turismo divulgou no início deste mês a versão 2017 do Mapa do Turismo Brasileiro e Bauru se manteve na categoria B entre as cinco categorias de avaliação (A, B, C, D e E). Apenas 168 cidades obtiveram essa classificação no país todo. Esta é a sexta edição do Mapa, que também foi realizado nos anos de 2016, 2013, 2009, 2006 e 2004.

Bauru faz parte da Região Turística Coração Paulista, juntamente com os municípios Águas de Santa Barbara (categoria C), Agudos (D), Avaí (D), Cafelândia (D), Lençóis Paulista (D), Macatuba (D), Pederneiras (D), Pirajuí (D), Piratininga (D) e Reginópolis (D). A versão completa do Mapa pode ser consultada através do link https://www.regionalizacao.turismo.gov.br/images/pdf/mtur_mapa_turismo_brasilei_2017_virtual_29_11.pdf.

A diretora da Divisão de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda (Sedecon), Marina Martins, destaca que a secretaria trabalha para melhorar a classificação de Bauru no próximo ano.

“Em 2018 trabalharemos na elaboração de projetos de infraestrutura turística e em projetos elencados como prioritários no Plano Diretor de Turismo, como a instalação do Ponto de Informações Turísticas, Reabilitação do Sambódromo, entre outros. Desenvolveremos também ações regionais, junto à Região Turística Coração Paulista, onde estamos trabalhando com a roteirização e o calendário de eventos regionais. Pretendemos priorizar a geração de emprego e renda através do Turismo.”

O Mapa do Turismo Brasileiro é o instrumento instituído pela Portaria MTur nº 313, de 3 de dezembro de 2013 e suas atualizações, no âmbito do Programa de Regionalização do Turismo. É ele que define o recorte territorial que deve ser trabalhado prioritariamente pelo Ministério.

Em respeito ao modelo de gestão descentralizada, o Mapa do Turismo Brasileiro é definido pelas próprias Unidades Federadas. Ou seja, o órgão estadual é responsável pela atualização do Mapa em seu Estado. Para apoiar essa tarefa, o Ministério do Turismo desenvolveu um sistema de informações do programa de regionalização (SISPRT), ferramenta para inserção dos dados de cada município. Por fim, os dados são validados pela UF’S e publicados pelo MTur.

Para fazer parte do Mapa, o município precisa possuir um órgão responsável pela pasta de turismo. É necessário, também, que tenha orçamento para investir no turismo e assinar um termo de compromisso com o Ministério do Turismo. Vale lembrar que municípios de uma mesma região turística devem possuir características similares e/ou complementares e aspectos que os identifiquem enquanto região.

Essa classificação contribui para otimizar a distribuição de recursos públicos; orientar a elaboração de políticas específicas para cada categoria de municípios; aperfeiçoar a gestão pública, na medida em que fornece aos gestores do Ministério e dos Estados mais um instrumento para subsidiar a tomada de decisão; auxiliar na atualização do Mapa do Turismo Brasileiro, que é feita periodicamente e auxiliar na reflexão sobre o papel de cada município no processo de desenvolvimento turístico regional.

A Categorização dos Municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento elaborado pelo Ministério do Turismo para identificar o desempenho da economia do setor nos municípios que constam no Mapa do Turismo Brasileiro. Esse instrumento, previsto como uma estratégia de implementação do Programa de Regionalização do Turismo, permite tomar decisões mais acertadas e implementar políticas que respeitem as peculiaridades dos municípios brasileiros.

ANALISADAS AS CARACTERÍSTICAS

– Número de ocupações formais no setor de hospedagem (fonte: Relação Anual de Informações Sociais – RAIS/Ministério do Trabalho e Emprego);

– Número de estabelecimentos formais no setor de hospedagem (fonte: RAIS/ Ministério do Trabalho e Emprego);

– Estimativa do fluxo turístico doméstico (Estudo da Demanda Doméstica (fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – FIPE/MTur);

– Estimativa do fluxo turístico internacional (Estudo da Demanda Internacional – fonte: FIPE/MTur).

Fonte: https://www.jcnet.com.br/Geral/2017/12/bauru-e-classificada-na-categoria-b-do-mapa-do-turismo-brasileiro.html

 

 

 

 

Deixe uma resposta