A evolução dos implantes odontológicos

0
1223

Implantes restabelecem a qualidade de vida dos paciente.

Por: Dr. Francischone Jr.

Tecnologia, custo acessível, segurança e previsibilidade. A implantologia oferece hoje um leque de opções seguras para a reposição de um ou todos os dentes perdidos de forma rápida e indolor, com o objetivo de resgatar a qualidade de vida e autoestima dos pacientes.
Os implantes podem ser utilizados em diversas ocasiões, como substitutos de dentaduras ou para substituir um ou mais dentes que foram perdidos ou quebrados. Há casos de pessoas que nascem sem um dente. Nesse caso, o paciente pode utilizar o aparelho ortodôntico e depois colocamos o implante. Até mesmo em casos mais graves de gengivite (doença periodontal), quando os dentes ficam moles, é possível substituí-los na mesma sessão da remoção dos dentes pelos implantes. O sistema chamado Carga Imediata ou Carga Rápida, é um procedimento de rotina nesses casos, muito utilizado por ser rápido, indolor e pode permitir que o paciente saia do consultório com uma prótese provisória na hora, sem passar pelo constrangimento de ficar sem dente.
Nos últimos anos, a implantologia avançou muito. Quando começaram a realizar as cirurgias de implantes, a colocação de cada pino demorava em média uma hora. Hoje demora entre 5 a 10 minutos. É interessante observar a reação dos surpreendente pacientes. ‘Se eu soubesse teria feito antes’, dizem os a maioria dos pacientes que fazem implantes. Eles ficam surpresos com a ausência de dor e com o resultado imediato.
Os profissionais da Francischone Odontologia são referência nesta área, estão sempre presentes nos maiores congressos do mundo levando as grandes novidades da implantologia para os colegas de profissão. O Dr. Francischone e eu frequentemente ministramos aulas na França, Portugal, Espanha e outros lugares do mundo.
Para quem pretende se livrar daquela prótese móvel (dentadura) que está machucando, incomodando o primeiro passo é fazer uma consulta, uma radiografia, sem compromisso. Essa primeira atitude de chegar até o profissional especialista é o mais importante. A partir daí o paciente irá ver que o procedimento é simples, que não é um bicho de sete cabeças e que é muito acessível, seguro, moderno, prático e eficiente. O objetivo é devolver a função e autoestima , pois só quem não tem um ou mais dentes sabe o que está passando.
Para se ter uma ideia, um animal selvagem não sobrevive na natureza com dentes faltando. O ser humano consegue se adaptar, mas sua mastigação, digestão, convívio social e qualidade de vida em geral ficam prejudicadas. É algo muito simples de se resolver em 99,9% dos casos. Hoje, graças ao avanço da tecnologia existem implantes mais finos, mais curtos e que atendem a maioria das necessidades. A pessoa se vê livre de uma prótese que usou por 20, 30 ou 40 anos em alguns minutos, e sem sofrimento.

Deixe uma resposta