1.ª fase da vacinação contra a Covid-19 imunizará 75 mil pessoas em Bauru

0
164
Vice-prefeito e secretário municipal de Saúde, Orlando Costa Dias diz que início da vacinação em Bauru é previsto para 25 de janeiro / Crédito: Malavolta Jr.
Secretário municipal de Saúde divulga primeiros detalhes e garante que cidade tem estoque de agulhas e seringas suficiente

Após o Estado e a União anunciarem, nesta quinta-feira (7), previsão para o início da imunização contra a Covid-19, diante da eficácia da vacina CoronaVac (clique e veja mais), foi a vez de Bauru antecipar detalhes sobre seu plano de ação. A primeira fase da imunização na cidade, com início previsto para 25 de janeiro e término até o fim de março, deve vacinar aproximadamente 75 mil pessoas. A informação é do novo secretário municipal de Saúde Orlando Costa Dias, que também garante que o município possui estoque de seringas e agulhas o suficiente para esta primeira etapa.

Em consonância com o Programa Estadual de Imunização, Bauru vacinará primeiro os trabalhadores da Saúde, pessoas com mais de 60 anos e pessoas com comorbidades. Indígenas e quilombolas também devem ser contemplados. O número de doses que serão destinadas para a cidade, contudo, ainda não foi divulgado.

“Claro que, se tivermos mais vacinas, iremos imunizar o máximo possível de pessoas nesta primeira fase”, ressalta o secretário, que também é médico. “O que me tranquiliza é que Bauru tem uma grande expertise em vacinação”, completa o secretário.

CHEGADA

Não há ainda uma data certa para a chegada dos imunizantes contra Covid. A expectativa da prefeitura é de que os lotes cheguem em Bauru antes do dia 25 de janeiro. Essa logística é de responsabilidade do Estado.

“São vários municípios na fila, ainda não sabemos se Bauru será o primeiro a receber ou estará entre os últimos”, comenta Dias.

As doses serão acomodadas em um almoxarifado central, que possui a rede de refrigeração necessária. Posteriormente, elas serão distribuídas pela prefeitura para os pontos de vacinação.

Bauru possui em estoque até 239 mil seringas e agulhas. Para a fase 1 da imunização, cerca de 160 mil devem ser utilizadas, computando a primeira e segunda dose para cada pessoa.

LOCAIS

Um total de 32 pontos fixos de vacinação serão instalados, com funcionamento de até 12 horas por dia. Os prédios públicos escolhidos ainda terão os endereços divulgados.

Além disso, outros 25 postos volantes serão implantados para contemplar regiões variadas da cidade. Há ainda o atendimento domiciliar, que será voltado aos pacientes acamados.

A vacinação por meio de drive thru também é estudada pelos gestores.

Para atender toda a demanda, cerca de 30 equipes com mais de 300 servidores atuarão nos postos fixos. O secretário garante que a pasta possui funcionários suficientes para toda ação e que serviços prioritários, como as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), não serão afetados pelos remanejamentos.

Como forma de evitar aglomeração nos locais de vacinação, é provável que agentes da Saúde façam contato antecipado com moradores, mas esta estratégia ainda é estudada.

“Divulgaremos tudo, do início ao fim da ação. Se as doses foram aplicadas, se as metas foram atingidas e se houve algum efeito adverso”, pontua o secretário. “Faremos o que for possível para que todas as pessoas sejam vacinadas, para que tudo ocorra bem e que elas tenham melhor qualidade de vida, até porque o país precisa progredir. Estamos todos parados na expectativa, com medo de sair. Queremos que os alunos voltem para as escolas e que os professores tenham segurança para dar aula”, finaliza Orlando Costa Dias.

Fonte: https://www.jcnet.com.br/noticias/geral/2021/01/746267-1—-fase-da-vacinacao-contra-a-covid-19-imunizara-75-mil-pessoas-em-bauru.html#.X_mUmTbmfiR.facebook

Deixe uma resposta